Menu
SADER_FULL
segunda, 16 de julho de 2018
PASSARELA
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Salários baixos desestimulam emprego nas indústrias de MS

7 Jun 2010 - 15h08Por Agora MS

A falta de mão-de-obra especializada para atuar no complexo industrial de Mato Grosso do Sul deve ao desestímulo, que os próprios empresários do setor propiciam quando oferecem baixos salários para os empregados. A opinião é de Rinaldo de Souza Salomão, presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria de Alimentação e Afins de Campo Grande e Região.

O sindicalista informou que a maioria das indústrias paga pisos que variam de R$ 10,00 a R$ 70,00 acima do salário mínimo vigente no País (R$ 510,00). “Como pode se estabelecer um piso de apenas R$ 520,00 quando o salário mínimo é de R$ 510,00?” critica Rinaldo Salomão que culpa a própria FIEMS como uma das negociadoras de convenções coletivas de trabalho do setor industrial.

Na semana passada, a própria FIEMS, segundo Rinaldo, foi à imprensa para dizer que faltava mão-de-obra para o setor de vestuário e outros. “Como eles querem atrair trabalhadores se acabam de fechar a convenção dessa categoria estabelecendo um piso de apenas R$ 555,00, ou seja, apenas R$ 45,00 acima do salário mínimo. Simplesmente não dá não vão conseguir nunca suprir a necessidade”, afirma o sindicalista que pede o empenho das autoridades, principalmente o Governo do Estado, para que intervenha nesse processo e que os trabalhadores passem a ganhar salários “decentes”, diz.

Rinaldo Salomão explicou que o Governo do Estado seria fundamental nessa negociação uma vez que é ele, quem concede grandes incentivos fiscais por anos a fio e até concede áreas para essas empresas se instalarem.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CONCURSOS - OPORTUNIDADES
Concurso: 13 órgãos abrem as inscrições para 1,9 mil vagas nesta segunda
FOI SALVAR O MELHOR AMIGO
Jovem morre afogado após pular em rio para tentar salvar cachorro
EDUCAÇÃO - FIES - INSCRIÇÕES
Fies abre inscrições nesta segunda com 155 mil vagas para 2º semestre
BOA NOTICIA
Preço da gasolina nas refinarias cai para R$ 1,997
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Karola vira escrava sexual de Remy
BRIGA DE RUA
Homem morre pendurado em grade
FAMOSIDADES
Luan Santana faz declaração emocionante a Padre Fábio de Mello: ''Obrigada pelos dias maravilhosos''
ARTIGO - DIA DO ROCK
DIA DO ROCK - ARTIGO: 'Há um tempo atrás não muito distante...', por Lucio Gazola
DEUS SALVE O REI
Catarina é desmascarada por Afonso e é presa
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Manu é sequestrada e decide trabalhar como traficante para ficar com bandidos