Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 19 de março de 2019
prefeitura VICENTINA Março 2019
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Romário rejeita conselhos e caminha para o Vasco

21 Out 2004 - 13h46
O jogador Romário, dispensado pelo Fluminense depois de uma briga com o treinador Alexandre Gama, é aguardado, ainda nesta quinta-feira, em São Januário.

Antes mesmo de deixar as Laranjeiras, ele já estava conversando com os dirigentes vascaínos. Romário já havia percebido que não teria mais futuro no Fluminense.

O jogador está tentado arrumar um patrocinador que banque seus salários e a formação de um time competitivo, para o Vasco, em 2005.

O presidente do Fluminense, David Fischel, não acredita que este patrocinador seja a Unimed, que deixaria o Fluminense para seguir o jogador.

O presidente do ex-clube de Romário chegou, a exemplo do técnico Carlos Alberto Parreira, a pedir que o atleta se aposentasse: "Para preservar a imagem dele, uma vez que até por compromisso particulares, ele não participa dos treinamentos e não se empenha da maneira que deveria, ele devia parar", afirmou.

Um dia antes, o treinador da Seleção Brasileira, Carlos Alberto Parreira, havia sugerido a mesma coisa a Romário: "Um jogador de alto nível como ele, deve saber o momento de parar. É triste para um ídolo ser vaiado, como aconteceu com Romário", disse Parreira.

 

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

FATALIDADE
Mulher morre ao cair de pé de abacate e bater cabeça na linha do trem
MANIACO SEXUAL
Pai flagra estupro da filha dentro de casa usando o celular, suspeito foi preso
FAMOSIDADES
Quem era Bettina antes do R$ 1 Milhão: Ela foi professora de balé, modelo e panfleteira
MENTOR DO MASSACRE
Polícia de Suzano apreende menor suspeito de planejar ataque
INTERNADO
Criança de 4 anos cai em poço de cinco metros de profundidade
RESGATADO
Cão abandonado em ilha estava sendo comido vivo por urubus
SEXTUPLOS
Americana dá à luz seis bebês em nove minutos
TRAGÉDIA EVITADA
Garoto de 11 anos leva faca na mochila para matar colega no ônibus escolar
ALERTA AOS PAIS
Menino de quatro anos corta os pulsos em Goioerê e pode ser influência da Momo
FAKE NEWS
Padre Fábio de Melo desmente texto atribuído a ele sobre o ataque em Suzano