Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 23 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CONTAINER
Brasil

Rodada de clássicos podem levar rivais ao “céu” ou ao “inferno”

23 Out 2010 - 05h45Por R7

O dia seguinte pós-clássico é sempre diferente para o torcedor. Os vitoriosos andam irradiantes pelas ruas, enquanto os derrotados precisam digerir as gozações. A próxima segunda-feira (25) promete mexer ainda mais com os sentimentos, já que as rivalidades regionais que estarão em campo no domingo (24) valerão muito mais que as costumeiras provocações.

Faltando apenas oito rodadas para o fim do Brasileirão, os oito times envolvidos nos clássicos Vasco x Flamengo, Cruzeiro x Atlético-MG, Corinthians x Palmeiras e Grêmio x Internacional podem ir do “céu” ao “inferno” após os respectivos jogos.

Isso porque, enquanto alguns brigam pelo título ou ao menos por vaga na Libertadores, outros entram em campo desesperados para fugir do rebaixamento. É o que representa a partida marcada para Uberlândia (MG), às 18h30, entre os clubes mineiros.

Líder isolado do Nacional com 54 pontos, o Cruzeiro, se vencer, não só se aproximará do bicampeonato, como ampliará o drama do maior rival, 17º colocado e na zona do rebaixamento. Esse seria o cenário ideal para a torcida celeste, que, no entanto, não quer nem imaginar o quadro favorável aos atleticanos.

Em caso de triunfo alvinegro, o Atlético-MG, há 20 rodadas na zona de risco, pode finalmente deixar os quatro últimos colocados. Além de poder ter o gostinho de ver o Cruzeiro perder a liderança, caso o Fluminense, vice-líder (53), ao menos empate seu jogo.

Ainda com chances de queda, o Flamengo (37), em 13º, também quer afastar o risco da degola. Porém, vencer o Vasco no Engenhão, às 18h30, significaria impedir que o time cruzmaltino consiga vaga na Libertadores. A equipe de São Januário está apenas cinco pontos atrás da zona de classificação, desde a volta do G-4, e precisa vencer para continuar sonhando.

Assim como sonham Grêmio e Internacional pela conquista do título, embora oito e sete pontos, respectivamente, atrás do Cruzeiro. Quem perder o Gre-Nal, às 18h30, no Olímpico, praticamente dará adeus à conquista.

Menos mal para o Colorado, que já tem vaga assegurada na Libertadores do ano que vem. Desta forma, se vencer, não só tira o rival do páreo pelo troféu, como também o deixa em situação pouco confortável por vaga no G-4.

Contudo, terminar com a quarta vaga para a competição continental não é sinal de Libertadores em 2011. Isso porque o Palmeiras, um dos brasileiros ainda na disputa da Sul-Americana, pode estragar os planos dos demais, já que o campeão do torneio faz o G-4 voltar a virar G-3. Atlético-MG e Goiás também estão na disputa.

Diante disso, o Alviverde pode estragar duplamente os sonhos corintianos. Se vencer o clássico do Pacaembu, às 16h, deixará o Timão, 50 pontos, com remotas chances de ser campeão em seu centenário.

Com isso, a equipe do Parque São Jorge passaria a priorizar a conquista de uma vaga na Libertadores. Entretanto, precisará manter ao menos a terceira posição, já que, se ficar entre os quatro classificados, pode ver novamente em dezembro o Palmeiras estragando seus sonhos, ao final da Sul-Americana.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PEDOFILIA
Babá de 15 anos recebia dinheiro para ter relações com patrão
PREOCUPANTE
Mineradora declara situação de emergência em barragem de Araxá
INTOLERANCIA RELIGIOSA
Delegado solicita ida à casa do 'BBB 19' para interrogar Paula, investigada por intolerância
RESUMO DAS NOVELAS
Mercedes convoca Murilo para uma conversa
CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico