Menu
RIO_DOURADOS
SADER_FULL
Busca
SUCURI_MEGA
Brasil

Quatro trabalhadores escravos morrem em acidente no Pará

30 Ago 2004 - 17h53
Quatro trabalhadores morreram ontem em um acidente de caminhão no município de Rondon, no Pará. Eles faziam parte de um grupo mantido em regime de escravidão em três carvoarias. De acordo com a assessoria do Ministério do Trabalho e Emprego, o aliciador dos trabalhadores, Sérgio Venturini, tentou retirar os carvoeiros do local antes da chegada do Grupo Especial de Fiscalização Móvel.

Um dos caminhões contratados por Venturini capotou com 14 trabalhadores. No acidente, morreram quatro pessoas, entre elas uma mulher. O Grupo Especial conseguiu libertar 59 trabalhadores. A equipe, composta por auditores-fiscais do trabalho, policiais federais e um procurador do trabalho, permanece na região providenciando o levantamento das indenizações trabalhistas.

Um levantamento da Secretaria de Inspeção do Trabalho e da Comissão Pastoral da Terra mostra que o Pará foi o estado com o maior número de trabalhadores escravos libertados entre 1995 e 2003. Cerca de 4,6 mil pessoas foram encontradas submetidas a essa condição.

 

 

Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

Acerto de Contas
Mulher é assassinada e companheiro é poupado pelos bandidos
Macabro
Filho que escondeu corpo de pai pode ser indiciado por três crimes
Novela
'Deus salve o rei': Catarina (Bruna Marquezine) mata Constantino
Novela Global
'Outro lado': Gael luta contra violência doméstica no fim
Monstro
Câmera flagra irmão à procura de menina que teria sido abusada por prefeito de Bariri
Perigo do Selfie
Três garotas caem de ponte de 20 metros ao tirarem fotos em Castelo
Campanha de filiações
Prisão de Lula faz disparar filiações ao PT
O Apocalipse
Arthur (Junno Andrade) fala na TV que Ricardo (Sergio Marone) ressuscitou em seu velório
BBB 18 - Vencedora
Veja a casa de Gleici, do'BBB 18': Sister teve o pai assassinado pelo tráfico e passou fome
Concurso Público
Polícia Federal publica autorização para promover concurso público com 500 vagas