Menu
SADER_FULL
quarta, 23 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Puccinelli assina ordem de serviço para 50 casas em Sonora

10 Set 2007 - 05h02
O governador André Puccinelli participa, nesta segunda-feira (10) da inauguração do novo prédio do Fórum de Sonora, a 351 quilômetros da Capital, no norte do Estado. A solenidade está prevista para as 14 horas, e em seguida Puccinelli assina a ordem de serviço para a construção de 50 casas.
 
O prefeito de Sonora, Zelir Antonio Maggioni, receberá o governador André Puccinelli; o presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, desembargador João Carlos Brandes Garcia; o deputado estadual Mochi Júnior; e o secretário de Estado de Habitação, Carlos Marun.

 

Desenvolvimento

 

A construção do novo Fórum foi possível graças ao convênio firmado entre Governo do Estado, Poder Judiciário, Prefeitura local e Ministério Público Estadual. Construído em uma área total de 882,9 m², está localizado entre a Prefeitura e a Câmara Municipal do município. O terreno e parte do material de construção foram doações do governo do Estado, enquanto a contrapartida da Prefeitura foi de R$ 250 mil.

 

O novo espaço abriga um Tribunal do Júri para 60 pessoas, gabinete do juiz, duas salas de audiências, cartório, salas para promotores e defensores, sala de conciliação e um cartório para o Juizado Especial Adjunto (JEA), além de um arquivo de 72m², construído na área externa da edificação.

 

Um dos motivos que levou o Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul a instalar a comarca de Sonora foi o elevado aumento da população do município nos últimos anos, estimada em 15 mil habitantes – o dobro da população residente na comarca de Pedro Gomes, da qual Sonora foi desmembrada. O município possui hoje uma das maiores indústrias de álcool e açúcar do Estado, e, no período de safra, só nessa empresa, há mais de três mil pessoas trabalhando.

 

Contando agora com uma estrutura moderna e informatizada, a expectativa do Judiciário é que haja maior agilidade nos processos. Hoje, o volume é próximo a 1.700 feitos na vara única e 600 no Juizado Especial. Mensalmente são distribuídos cerca de 120 novos processos.

 

Unidades habitacionais

 

As 50 unidades habitacionais a serem construídas são frutos da parceria entre governos federal, estadual e municipal, com investimentos de R$ 600 mil, através do Programa de Subsídio à Habitação de Interesse Social (PSH) da Caixa Econômica Federal.

 

As moradias que vão tornar realidade o sonho da casa própria para 50 famílias estão inseridas no Projeto Meu Lar, uma subdivisão do Programa Habitacional Casa da Gente, implantado pelo governo estadual. A parceria dos municípios, com participação no investimento e doação de terreno para os conjuntos habitacionais é fundamental para a execução do projeto. Cada uma das unidades habitacionais possuirá 30,08 metros quadrados, com sala, cozinha, quarto e banheiro.

 

 

 

Notícias.MS

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho