SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 7 de Dezembro de 2016
FARMÁCIA_DA_ECONOMIA_468
16 de Novembro de 2016 15h00

Projeto flexibiliza lei trabalhista para atividade rural

MS Notícias

Projeto flexibiliza lei trabalhista para atividade rural

Agrolink - 16/11/2016 10h01
 
AddThis Sharing Buttons
Share to ImprimirShare to E-mailShare to WhatsAppShare to FacebookShare to TwitterShare to Google+Share to Pinterest
 
 
 
 
 
 
O campo tem uma dinâmica diferente do trabalho nas cidades O campo tem uma dinâmica diferente do trabalho nas cidades

O Senado recebeu na semana passada um projeto para flexibilizar a Lei nº 5.889 (de 1973), modernizando as normas trabalhistas para atender à realidade atual do agronegócio.

Pela proposta, os trabalhadores do campo poderão realizar acordos e convenções coletivas, além de jornadas de trabalho maleáveis para atender demandas específicas da lavoura, pecuária e situações de emergência, desde que sejam atendidas as folgas compensatórias.

"O campo tem uma dinâmica diferente do trabalho nas cidades. O que estamos propondo é uma legislação que preveja situações da época de preparo do solo, plantio, colheita, de manejo produtivo e engorda da pecuária, em que o trabalhador tem uma carga horária mais extensa, mas garantindo também a compensação", justifica o autor, senador Cidinho Santos (PR/MT).

De acordo com ele, a iniciativa incorpora na íntegra a Norma Regulamentadora nº 31, que trata da proteção à saúde e à segurança do trabalhador e prevê a visita dupla de fiscais do trabalho, dando a oportunidade para que empregadores sanem as irregularidades apontadas antes do auto de infração.

Outra mudança proposta é a criação de cotas para pessoas com deficiência e o contrato de aprendizagem rural para jovens entre 14 e 24 anos inscritos em programas de formação técnico-profissional (para empregadores com mais de 200 empregados).

"É preciso modernizar a lei de forma a atender as necessidades do setor, mas também garantir os direitos dos trabalhadores do campo, incorporar os jovens que estão iniciando a vida profissional, incluir pessoas com deficiência.

Fizemos uma ampla discussão e chegamos a um projeto de lei que preenche todos esses requisitos", argumenta Cidinho.

A projeto de Cidinho Santos também abre a possibilidade da terceirização no meio rural, ficando o contratante corresponsável pelos direitos dos trabalhadores contratados.

As propostas foram debatidas com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, com representantes do agronegócio, com trabalhadores rurais e com parlamentares da Comissão de Agricultura e Reforma Agrária do Senado Federal.

Comentários
Veja Também
REINO_MATRÍCULAS_2017
AGÊNCIA_SUCURI_LATERAL
Nossa_Lojas
Últimas Notícias
  
GESSO
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.