Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 24 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CONTAINER
Brasil

Projeto de lei prevê plantio de árvores em áreas de pecuária em MS

4 Ago 2010 - 06h32

Proposta de lei, apresentado pelo deputado estadual Pedro Kemp (PT) na sessão dessa terça-feira, dia 03 de agosto, prevê o plantio e a manutenção de bosques nas áreas de pecuária em Mato Grosso do Sul. Conforme o projeto, além da área de preservação ambiental já exigida pela legislação federal, o pecuarista deverá, se a iniciativa for aprovada, reservar 10% da pastagem para o plantio e manutenção de árvores nativas ou exóticas.

Na justificativa, o parlamentar lembra que, no mês passado, morreram cerca de 2,9 mil cabeças de gado por conta do frio. De acordo com os dados da Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal), o prejuízo dos pecuaristas ultrapassa R$ 3 milhões, atingindo 15 municípios sul-mato-grossenses. Para Pedro Kemp, além da proteção ao gado nos dias de muito frio, a plantação em alguns trechos do pasto de árvores garantiria maior captura de gás carbônico da atmosfera para fazer fotossíntese, além de sombra para os animais descansarem e engordarem.

A proposta de projeto de lei foi apresentada por um pesquisador da Embrapa de Mato Grosso do Sul que encaminhou sugestão ao parlamentar na Assembleia Legislativa. A iniciativa estabelece também que o poder público garantirá a orientação técnica e a distribuição de mudas para o plantio. O prazo máximo para a adequação é de cinco anos. “O plantio de árvores é uma excelente opção para os criadores, pois além de ter um baixo custo dá condições de melhorar os ecossistemas, em áreas de altos índices de degradação”, enfatizou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PEDOFILIA
Babá de 15 anos recebia dinheiro para ter relações com patrão
PREOCUPANTE
Mineradora declara situação de emergência em barragem de Araxá
INTOLERANCIA RELIGIOSA
Delegado solicita ida à casa do 'BBB 19' para interrogar Paula, investigada por intolerância
RESUMO DAS NOVELAS
Mercedes convoca Murilo para uma conversa
CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico