Menu
prefeitura VICENTINA Março 2019
segunda, 18 de março de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Professora ganha prêmio com um projeto cultural

14 Out 2004 - 07h46
Transformar a leitura e a escrita em momentos prazerosos para os alunos por meio de cartas. A partir dessa idéia, nasceu o projeto Intercâmbio cultural educando sem fronteiras, da professora Ana de Fátima Nunes, da Escola Municipal “General Nelson Custódio de Oliveira”, de Três Lagoas. A professora é uma das 20 ganhadoras do Prêmio Incentivo à Educação Fundamental – 2004, promovido pelo Ministério da Educação e Fundação Bunge.
As ações foram desenvolvidas em conjunto, inicialmente direcionadas ao fortalecimento de valores, em um processo de interação. O projeto envolveu alunos de Ana de Fátima e estudantes da Escola Municipal Pontal do Sul, de Aparecida de Goiânia (Goiás), onde a irmã da professora exerce a função de coordenadora pedagógica.
O projeto surgiu de uma idéia simples: a troca de correspondências entre alunos da 4ª série, do período vespertino. Aos poucos, foi crescendo, transformando-se em Cartas-Perfil, nas quais os assuntos eram os hábitos e preferências dos alunos, ou Cartas-Informação, contando pesquisas sobre a cultura das cidades e dos estados de origem das crianças. O trabalho assumiu caráter interdisciplinar, abrangendo conteúdos de português e história. “Os alunos descreviam suas características e o que mais gostavam. Também contavam os temas das aulas. Era uma forma de divulgar o Mato Grosso do Sul e também conhecer a cidade de Aparecida de Goiânia”, explicou a professora.
RECEPÇÃO
Como desdobramento dessa troca de correspondências, os alunos da cidade de Aparecida de Goiânia viajaram aproximadamente 800 km para conhecer Três Lagoas e foram recepcionados pelos destinatários de suas cartas. “As crianças ficaram dois dias na cidade e tiveram uma aula sobre o Mato Grosso do Sul, ministrada pelos alunos que escreviam as cartas. Foi montado um cenário para eles conhecerem o Pantanal e toda sua biodiversidade”, disse Ana de Fátima.
Segundo a professora, as cartas despertaram o interesse dos alunos. “A troca de conhecimento foi gratificante para os estudantes. A carta não é um objeto obsoleto. O sujeito coloca as palavras como se estivesse tirando do coração. A internet é mais mecânica”, afirmou. No dia 15 de outubro, Dia do Professor, Ana de Fátima será recebida e homenageada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro da Educação, Tarso Genro, no Palácio do Planalto, ao lado de outros 19 professores vencedores do prêmio. Cada professor receberá R$ 5 mil e um troféu idealizado pela artista plástica e gravadora paulista Maria Bonomi, além de diploma, viagem e estada em Brasília, no período de 13 a 15 de outubro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

RESGATADO
Cão abandonado em ilha estava sendo comido vivo por urubus
SEXTUPLOS
Americana dá à luz seis bebês em nove minutos
TRAGÉDIA EVITADA
Garoto de 11 anos leva faca na mochila para matar colega no ônibus escolar
ALERTA AOS PAIS
Menino de quatro anos corta os pulsos em Goioerê e pode ser influência da Momo
FAKE NEWS
Padre Fábio de Melo desmente texto atribuído a ele sobre o ataque em Suzano
ATROPELAMENTO
Idoso é derrubado de bicicleta e atropelado por veículo – Imagens Fortes
PENA MÁXIMA
Pai, madrasta e outros dois réus são condenados pela morte do menino Bernardo
DOCUMENTO UNICO
CPF substitui a partir de hoje diversos documentos
SEM FILA E SEM ESTRESSE
#SemEstresse: sofre com o mal de ficar horas nas filas lotéricas? Veja como se livrar delas
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Morre Avós e menino de quatro anos feridos em acidente