Menu
CÂMARA BONITO SETEMBRO
quinta, 19 de setembro de 2019
CACAU SHOW FÁTIMA DO SUL 0
Busca
UNIGRAN NET
Brasil

Prévia da inflação oficial sobe 0,31% em setembro, aponta IBGE

21 Set 2010 - 10h38Por Folha Online

O IPCA-15, prévia da inflação oficial, registrou alta de 0,31% em setembro, acelerando frente à deflação de 0,05% verificada em agosto, de acordo com os dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgados nesta terça-feira.

De janeiro a setembro, o índice acumula elevação de 3,53%. Nos últimos 12 meses terminados em setembro, o IPCA-15 tem incremento de 4,57%, ante 4,44% observados no período imediatamente anterior.

No acumulado de julho a setembro, o IPCA-E --que é IPCA-15 nesse período-- subiu 0,17%. Em igual período no ano passado, esse índice chegou a 0,64%.

Os preços dos alimentos voltaram a ficar mais caros e foram decisivos para o resultado. Esses itens tiveram alta de 0,30%, contribuindo com 0,07 p.p. (ponto percentual) no índice. Nos meses anteriores, os produtos alimentícios estavam em queda -- -0,68% em agosto, e -0,80% em julho.

As carnes exerceram maior pressão e ficaram 3,40% mais caros. A contribuição de 0,07 p.p. foi a maior dentro do índice.

Também subiram em setembro o óleo de soja (de -0,01% em agosto para 5,08%), açúcar cristal (de -8,10% ára 4,83%), frutas (de 0,82% para 3,17%) e pão francês (de 0,04% para 2,11%).

Os custos dos produtos não alimentícios também aceleraram, com alta de 0,31% em setembro, ante 0,14% no mês anterior.

Álcool e gasolina mais caros influenciaram o grupo Transportes, que teve elevação de 0,33%, ante 0,02% em agosto. O consumidor pagou 0,77% a mais pelo litro da gasolina, segundo o IBGE. Em agosto, o combustível já havia subido 0,31%.

Já o álcool aumentou 2,08% em setembro, desacelerando frente aos 4,99% verificados no mês anterior.

As passagens aéreas avançaram 7,56%, depois de ficarem 10,31% mais baratas em agosto, ajudando a pressionar os custos dos transportes.

Entre as 11 regiões metropolitanas pesquisadas, Goiânia teve a maior variação, com alta de 0,48%. A principal variação negativa foi constatada em Recife (-0,29%).

Os preços do IPCA-15 foram coletados de 14 de agosto a 13 de setembro, e comparados com os vigentes de 14 de julho a 13 de agosto. O indicador mede os gastos das famílias com renda de 1 a 40 salários mínimos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSIDADES
Antes de beijos em boate,Anitta convidava bailarina para apimentar relação com Scooby
AFRONTA
Modelo brasileira posa nua e quase é presa na Coreia do Norte
VIOLENCIA
Em manhã com cinco mortos, menino lamenta não poder sair de casa
TURISMO E DESCANSO
6 praias brasileiras para visitar antes de morrer
GASOLINA SEM REAJUSTE
Sinpetro diz que não haverá reajuste imediato no preço dos combustíveis
NOVELA GLOBAL
Em 'A dona do pedaço', Régis se aproxima de Maria da Paz, que fica mexida com ex
ALTOS HONORÁRIOS
Advogados cobram R$ 4,4 milhões de Viúva da Mega-Sena em honorários na Justiça
TRAGEDIA
Pai tenta salvar filho em incêndio, mas os dois morrem
MUNDO MEDONHO
'Pago boleto, compro calcinha': usuários de aplicativos de paquera relatam apuros e curiosidades
FAMOSIDADES
Belo sai de casa após flagrar traição de Gracyanne