Menu
LIMIT ACADEMIA
domingo, 15 de setembro de 2019
SADER_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Presidente do Fla assume departamento de futebol

13 Out 2004 - 14h39
O presidente do Flamengo, Márcio Braga, concedeu uma entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira na sede do clube, na Gávea, e surpreendeu a todos que apostavam que ele anunciaria o ex-presidente Hélio Ferraz como novo vice-presidente de futebol do clube. Na verdade, Márcio decidiu acumular a função e descartou a possibilidade de demissões no setor.

Dessa forma, ele confirmou a permanência de Paulo Dantas, que vai auxiliá-lo no cargo, do diretor-técnico Júnior e de José Maria Sobrinho, diretor da Fla-Futebol, empresa que administra o departamento de futebol do clube. “Vou assumir a vice-presidência de futebol do clube e o Paulo Dantas, José Maria Sobrinho e o Júnior estão mantidos em seus cargos, uma vez que essa é a equipe que tem poderes para administrar o departamento de futebol do clube”, disse Márcio Braga.

Márcio Braga comentou a decisão de não entregar a vice-presidência de futebol a Hélio Ferraz, com quem se reuniu na noite de terça-feira. Apesar de não confirmar, Márcio não aceitou dar ao ex-presidente plenos poderes, conforme ele vinha exigindo. Hélio, porém, continua sendo um aliado político e vai cuidar do processo de transformação do clube em empresa.

“O Hélio vai prestar um grande serviço ao clube, gerenciando o processo de transformação do Flamengo em empresa, o que ele fará de forma muito competente. Realmente houve a possibilidade dele assumir a vice-presidência de futebol, mas achamos por bem que isso não acontecesse”, afirmou o dirigente.

Márcio Braga, que tinha se reunido com os jogadores após o coletivo desta manhã, chamou a atenção do zagueiro Júnior Baiano, que deu declarações criticando a crise política do Rubro-Negro. O jogador, que deixou o clube com cara de poucos amigos e sem dar entrevistas nesta quarta-feira, tinha dito anteriormente que a crise no Flamengo era uma 'palhaçada'.

“A partir do momento que se fala em palhaçada se fala em esculhambação, e quando se fala em esculhambação, se fala em falta de comando, que não é o que está acontecendo aqui. Além disso, os problemas no Flamengo não interferem dentro de campo. Se há falta de dinheiro, com a volta das vitórias, o dinheiro aparecerá”, disse Márcio Braga.

O dirigente disse que continuará dando seqüência ao processo de redução de gastos e que mais demissões acontecerão entre os funcionários do clube até dezembro. “Quando assumi encontrei o clube caótico na administração e falido nos aspecto financeiro. Encontramos uma folha de 736 funcionários e várias dívidas de impostos. Temos que baixar essa folha de pagamento de R$ 3 milhões para R$ 2,1 milhões até dezembro. Demitimos mais de cem funcionários e vamos demitir ainda mais até o fim do ano para podermos cumprir esta meta”, analisou.

 

Gazeta Esportiva

Deixe seu Comentário

Leia Também

CASO DE POLÍCIA
Catador de reciclável recebe mochila com bebê congelado dentro
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo morre após carro bater em árvore em rodovia de MS
FAMOSOS
David Brazil causa ao expor bumbum de Anitta sem ela saber
ACIDENTE FATAL
Câmera de segurança registrou acidente fatal de enfermeira. VEJA O VÍDEO
MONSTRUOSIDADE
Homem que matou mãe e filha em Cascavel escreveu carta. Bebê tomou mamadeira “batizada”
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Mulher e marido são presos suspeitos de estuprar menina de 11 anos que dormia na casa deles
SUPERSTIÇÃO
Primeira sexta-feira 13 do ano com noite de lua cheia pode ser perigosa, alerta taróloga
ESPORTE
Poderá o poker se tornar olímpico?
BORA PRA BONITO - MS
Conheça as belezas do Parque das Cachoeiras em Bonito (MS)!
FAMOSIDADES
Vera Fischer é vista brigando em hotel, e uso de bebida alcoólica preocupa amigos