Menu
SADER_FULL
quinta, 18 de outubro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Prefeito de Sete Quedas tem caminhonete tomada em assalto

25 Abr 2007 - 10h28
O prefeito de Sete Quedas Sérgio Mendes (PDT) e seus familiares passaram por momentos de tensão na tarde do último domingo, 22, após terem a residência invadida por assaltantes.

A ação criminosa aconteceu por volta das 18h30. Segundo a polícia dois indivíduos abordo de um veículo de cor branca teriam parado em frente à residência do prefeito, situada na região central da cidade em Sete Quedas e um dos marginais, de posse de uma arma de fogo, teria invadido a casa, rendido a primeira-dama do município, Ilda Oporto Mendes sob ameaça e pedido as chaves da caminhonete da família, uma S-10 executiva cabine dupla, de cor preta, com placas de Sete Quedas-MS.

A polícia informou também que os marginais teriam tentado levar a primeira-dama como refém, mas ao se dirigir com a vítima em direção à caminhonete, os assaltantes não teriam conseguido destravar a porta traseira do veículo e uma vizinha da família, ao notar a movimentação, teria gritado pelo nome da vítima, momento que os marginais teriam desistido de levá-la e fugiram levando apenas a caminhonete.

Veículo Recuperado- Ao tomar conhecimento do assalto, a Polícia Militar de Sete Quedas que estava com duas equipes patrulhando a cidade, passou a efetuar diligências.

Segundo o comandante do Grupamento PM local, 3º sargento Joldeir Olsen Messa, foi mantido contatos com a Polícia Nacional, o Exército do Paraguai e as unidades policiais da região de fronteira no Brasil e em ação conjunta entre as polícias dos dois países, barreiras policiais foram montadas ao longo da fronteira e a caminhonete acabou recuperada na região da Vila Vanann a cerca de 70 quilômetros da fronteira com o Brasil, em território paraguaio.
Segundo a Polícia Nacional do Paraguai o veículo foi, que foi trazido de volta e entregue ao prefeito, foi recuperado quando os marginais em fuga avistaram uma barreira policial na estrada e decidiram abandonar a caminhonete. Ninguém foi preso.

Em Sete Quedas a Polícia Civil instaurou inquérito para apurar o fato e segundo a Polícia Militar local a polícia paraguaia está empenhada nas investigações para tentar identificar os assaltantes.

Região Complicada- A cidade de Sete Quedas está geograficamente situada na linha internacional em uma região de fronteira seca com o Paraguai, o que facilita ações criminosas dessa natureza.
Os marginais, quase sempre brasileiros já com passagens pela polícia no Brasil que estão refugiados no Paraguai, não encontram dificuldades para planejar e executar assaltos no município, tendo em vista que em poucos instantes cruzam a fronteira com o veículo roubado.

Ação de cooperação desenvolvida pelas autoridades dos dois países, Brasil e Paraguai tem possibilitado a prisão de assaltantes e a recuperação de veículos roubados, mas mesmo assim, crimes dessa natureza continuam acontecendo sem que os marginais escolham profissão ou posição social das vítimas.

Esse foi o segundo assalto a autoridades ocorrido em Sete Quedas nos últimos meses. No ano passado marginais já haviam tomado em assalto a mão armada uma caminhonete pertencente ao atual presidente da Câmara do município, o médico Dr. Amadeu Hugo Alessi. O vereador chegou a ser levado como refém pelos marginais e foi liberado a alguns quilômetros da fronteira, em território paraguaio.

 

 

A Gazeta News



Deixe seu Comentário

Leia Também

RETA FINAL
'Segundo sol': Antes de ir para a cadeia, Luzia pede: 'Continuem procurando por Remy! Ele está vivo!
CASO LETICIA
Adolescente morta a facadas contou a amigos que pai estuprou a tia na sua frente:'Tinha quatro anos'
MOTIVO FUTIL
Camera ajuda na indentificação de Homem que confessa ter matado mulher após falhar na "Hora H"
A CASA CAIU
Rapaz é agredido pelas sete namoradas que descobriram traição
SEGUNDO SOL
Beto confronta Karola: 'Você roubou a vida de outra mulher'
DEFICITÁRIAS
Correios fecham 02 agências no MS e 39 no país
VICENTINA - LEILÃO ELETRÔNICO
Justiça realizará leilão eletrônico de imóveis urbanos e trator de VICENTINA
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Conclusão do Comperj deve gerar 8 mil vagas em 2019
LUTO NO JORNALISMO
Morre Gil Gomes, jornalista policial, aos 78 anos, em São Paulo
SELEÇÃO BRASILEIRA
Brasil vence a Argentina com gol de Miranda nos acréscimos e conquista o Superclássico