Menu
LIMIT ACADEMIA
sábado, 15 de dezembro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Prefeito de Sete Quedas tem caminhonete tomada em assalto

25 Abr 2007 - 10h28
O prefeito de Sete Quedas Sérgio Mendes (PDT) e seus familiares passaram por momentos de tensão na tarde do último domingo, 22, após terem a residência invadida por assaltantes.

A ação criminosa aconteceu por volta das 18h30. Segundo a polícia dois indivíduos abordo de um veículo de cor branca teriam parado em frente à residência do prefeito, situada na região central da cidade em Sete Quedas e um dos marginais, de posse de uma arma de fogo, teria invadido a casa, rendido a primeira-dama do município, Ilda Oporto Mendes sob ameaça e pedido as chaves da caminhonete da família, uma S-10 executiva cabine dupla, de cor preta, com placas de Sete Quedas-MS.

A polícia informou também que os marginais teriam tentado levar a primeira-dama como refém, mas ao se dirigir com a vítima em direção à caminhonete, os assaltantes não teriam conseguido destravar a porta traseira do veículo e uma vizinha da família, ao notar a movimentação, teria gritado pelo nome da vítima, momento que os marginais teriam desistido de levá-la e fugiram levando apenas a caminhonete.

Veículo Recuperado- Ao tomar conhecimento do assalto, a Polícia Militar de Sete Quedas que estava com duas equipes patrulhando a cidade, passou a efetuar diligências.

Segundo o comandante do Grupamento PM local, 3º sargento Joldeir Olsen Messa, foi mantido contatos com a Polícia Nacional, o Exército do Paraguai e as unidades policiais da região de fronteira no Brasil e em ação conjunta entre as polícias dos dois países, barreiras policiais foram montadas ao longo da fronteira e a caminhonete acabou recuperada na região da Vila Vanann a cerca de 70 quilômetros da fronteira com o Brasil, em território paraguaio.
Segundo a Polícia Nacional do Paraguai o veículo foi, que foi trazido de volta e entregue ao prefeito, foi recuperado quando os marginais em fuga avistaram uma barreira policial na estrada e decidiram abandonar a caminhonete. Ninguém foi preso.

Em Sete Quedas a Polícia Civil instaurou inquérito para apurar o fato e segundo a Polícia Militar local a polícia paraguaia está empenhada nas investigações para tentar identificar os assaltantes.

Região Complicada- A cidade de Sete Quedas está geograficamente situada na linha internacional em uma região de fronteira seca com o Paraguai, o que facilita ações criminosas dessa natureza.
Os marginais, quase sempre brasileiros já com passagens pela polícia no Brasil que estão refugiados no Paraguai, não encontram dificuldades para planejar e executar assaltos no município, tendo em vista que em poucos instantes cruzam a fronteira com o veículo roubado.

Ação de cooperação desenvolvida pelas autoridades dos dois países, Brasil e Paraguai tem possibilitado a prisão de assaltantes e a recuperação de veículos roubados, mas mesmo assim, crimes dessa natureza continuam acontecendo sem que os marginais escolham profissão ou posição social das vítimas.

Esse foi o segundo assalto a autoridades ocorrido em Sete Quedas nos últimos meses. No ano passado marginais já haviam tomado em assalto a mão armada uma caminhonete pertencente ao atual presidente da Câmara do município, o médico Dr. Amadeu Hugo Alessi. O vereador chegou a ser levado como refém pelos marginais e foi liberado a alguns quilômetros da fronteira, em território paraguaio.

 

 

A Gazeta News



Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE
Criança de dois anos se enforca com a alça da bolsa enquanto brincava em escola
CASO JOÃO DE DEUS
Marina Ruy Barbosa intervém no caso João de Deus e impede uma grande tragédia
PRISÃO DECRETADA
Justiça de Goiás decreta prisão de João de Deus
STARTUPS NO BRASIL JÁ É SUCESSO
O sucesso das startups no Brasil e algumas novas apostas no mercado
REVOLTANTE
Filha de João de Deus diz que foi abusada dos 10 aos 14 anos: 'Meu pai é um monstro'
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Robério beija Marcos Paulo e a agride ao descobrir que ela é trans
DESTAQUE MUNDIAL
Dois brasileiros estão no Top 50: melhores professores do mundo
JUSTIÇA - WHATSAPP
Administradora de grupo no WhatsApp, foi “condenada” á pagar 3 mil por discussão de membros
DICAS DE SERVIÇO DE HOSPEDAGEM NA WEB
Vai criar um blog ou um site?, saiba aqui tudo sobre o serviço de hospedagem
ALERTA NA NET
Golpe no WhatsApp engana usuários ao prometer brindes falsos de Natal