Menu
SADER_FULL
sexta, 22 de novembro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Popupança da Caixa atinge R$ 3 bilhões de captação

26 Abr 2007 - 04h38
A caderneta de poupança da Caixa Econômica Federal atingiu marca recorde. Até 20 de abril a captação líquida acumulada chega a R$ 3 bilhões. No período, foram abertas mais de um milhão de novas contas, ampliando a base de clientes para 32,3 milhões e aumentando a participação de mercado da CAIXA em 0,66 ponto percentual.
 
Considerando os números do mercado, de acordo com dados do Banco Central, a caderneta de poupança atingiu, até o último dia 16, o volume de captação líquida de R$ 4,88 bilhões. O volume captado pela CAIXA, em idêntico período, totaliza a considerável marca de R$ 2,9 bilhões. Isso quer dizer que a CAIXA sozinha captou quase 60% do mercado.
 
A liquidez e a segurança do investimento são fortes atrativos para a conta que é isenta de Imposto de Renda e têm devolução de CPMF após 90 dias do depósito. “Mesmo com a nova forma de cálculo da Taxa Referencial (TR), a poupança permanece atraente e bastante competitiva em relação a outras aplicações de varejo, já que todas são afetadas pela queda na taxa dos juros básicos da economia”, destaca Fabio Lenza, vice-presidente de Negócios e Serviços Bancários da CAIXA.
 
Segundo Lenza, a decisão do Copom, de reduzir a taxa SELIC de 12,75% para 12,5% ao ano, impacta no custo do dinheiro no mercado interbancário (CDI) e deve refletir o movimento do ajuste realizado. Com isso, os bancos passam a pagar uma taxa menor para as captações em CDB, por exemplo. “Prova disso é que o dinheiro investido na poupança se mantém no mesmo nível de ganho em relação a outras aplicações em renda fixa. A remuneração da poupança mantém-se na casa de 65% do CDI líquido", ressalta o executivo.
 
Na esteira desses bons resultados, cresce o número de jovens poupadores. Na CAIXA, levantamento realizado entre julho e dezembro do ano passado aponta que foram abertas 1,84 milhões de novas contas, das quais 23% têm como titulares jovens na faixa entre 16 e 25 anos. Outro fato importante, que evidencia o interesse pelo produto, é o resultado de uma recente pesquisa divulgada pela imprensa, que coloca a poupança como a modalidade preferida da maior parte das mulheres.
 
Fator importante a ser destacado é a campanha publicitária “Os Poupançudos da CAIXA”. A distribuição de cofrinhos com o formato dos Poupançudos vem despertando um grande interesse na população, principalmente nos pais e avós, que utilizam a campanha para despertar e estimular os jovens para o hábito de poupar.
 
 
Fátima News / Assessoria

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA BRASILEIRA
O que se pode esperar da economia brasileira no futuro?
NOVELA GLOBAL
Em 'A dona do pedaço', Jô e Régis viajam pelo Brasil como missionários
ACIDENTE DO GUGU
Filho de Gugu é amparado na porta de hospital e mulher do apresentador passa mal, diz TV
ARTILHARIA
'Minha vida virou um inferno depois da eleição de Witzel', diz Bolsonaro
NA LUTA PELA VIDA
Assessoria nega morte e diz que Gugu está na UTI
ENTÃO!!!
Galvão Bueno teria provado 'Viagra Natural' horas antes de passar mal
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
Como cuidar da pele no verão?, O Boticário te ajuda, confira
POLITICA NOVA
Candidatos de novo partido podem ficar de fora das eleições
DOENÇA TERRIVEL
Zé Felipe, filho de Leonardo, gasta R$9 mil a cada medicação para doença incurável
MORTE E COMOÇÃO
Mãe de ator Caio Junquera morre dez meses após adeus ao filho