Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 23 de agosto de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Polícia detém 8 homens por pesca irregular em rios de MS

26 Out 2004 - 15h51
Equipes da PMA (Polícia Militar Ambiental) prenderam na tarde de ontem oito homens por pesca irregular em rios de Mato Grosso do Sul. Ao todo, conforme a corporação, a PMA está com 23 equipes nos rios com o objetivo de evitar a pesca predatória. Neste mês, os rios do Estado recebem um grande número de pescadores, em razão da proximidade do fechamento da pesca, por causa da piracema, e também porque os cardumes começam a se formar, ficando mais fácil a captura.
Isaías da Silva foi detido por pescar com tarrafa em uma corredeira do rio Aquidauana, onde não é permitida a pesca. De acordo com a PMA, foram apreendidas com Silva seis tarrafas, três redes de pesca, um exemplar de curimbatá malhada e um de cachara. O infrator foi autuado em flagrante e encaminhado à delegacia de polícia de Rochedo. Além da prisão Silva terá de pagar multa de R$ 1 mil.
O outro detido foi Vlademir Monteiro Tartari. Ele estava pescando com redes de pesca e anzóis de galho no rio Anhanduí. Tartari foi levado a delegacia de Bataguassu, onde foi autuado em flagrante, saindo após pagar fiança.
José Elvir Teixeira, Antônio Izídio Da Silva, Geraldo Girotto, e Valdemar Favaretto, também foram detidos no rio Anhanduí. Com eles foram apreendidos quatro barcos, quatro motores de popa, 50 anzóis de galho, 35 kg de pescado, dez bóias, cinco redes, quatro tarrafas, cinco isopores e 150 metros de espinhéis. Foram confeccionadas multas que somaram R$ 3.760,00. Todos os autuados também responderão por crime de pesca
predatória. Se condenados poderão pegar pena de 06 meses a 01 ano de detenção.
No rio Pardo, os policiais detiveram Vanderlei Codognatto que pescava com anzol de
galho. Foram apreendidos um motor de popa, um barco, 18 anzóis de galho, um
isopor e 12 kg de pescado. Codognatto recebeu multa de R$ 1.120. No mesmo rio, no município de Santa Rita do Pardo, foi autuado Pedro Irineu Martins que estava com 19 kg de pescado de tamanho inferior ao permitido por lei. A dupla responderá por crime ambiental e pesca predatória. Os policiais também retiraram do rio 300 metros de espinhel, cinco redes e 150 anzóis de galho.
 
 
CAmpo Grande News

Deixe seu Comentário

Leia Também

POSSE DE ARMA
Posse de arma em toda extensão da fazenda é aprovada e segue para sanção
SUICIDIO OU HOMICIDIO
Advogada criminalista é encontrada morta com tiro na cabeça em sua casa
DENUNCIA GRAVE
Mães denunciam abuso sexuais e agressões em creche
TENTATIVA DE HOMICIDIO
Homem ateia fogo no próprio corpo após esfaquear mulher
NOVELA GLOBAL
Chiclete conta a Vivi a verdade sobre sua vida de matador em 'A dona do pedaço'
DUPLO ASSASSINATO
Vereador e filho foram assassinados dentro de casa
FATALIDADE
Menina de 7 anos é atacada por pitbull e morre na casa dos avós
CRIMINOSO FORAGIDO
Ataque com machadinha deixa alunos e professora feridos em escola
POLEMICA II
Após polêmica, deputado diz que não existe PL de poliamor ou casamento entre mães e filhos
CONFISSÃO
Filhos investigam e descobrem que pai matou a mãe há 37 anos