Menu
SADER_FULL
quinta, 13 de dezembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Petrobras inícia produção de gás natural no México

8 Jul 2004 - 08h26
A Petrobras anunciou em nota oficial o início da produção de gás natural do campo de Coulomb, na parte americana do Golfo do México. O campo é operado pela Shell Exploration and Production Company e o início da produção se dá através do poço C-3, apenas 78 dias após a sua descoberta.

Segundo a Petrobras, o campo foi desenvolvido com a complementação submarina de dois poços exploratórios, um dos quais a uma lâmina d’água de 7.570 pés – o equivalente a 2.301 metros de profundidade – o que significa um novo recorde mundial de produção de águas profundas.

A Petrobras América, subsidiária da estatal brasileira, tem sede em Houston, no Texas, e detém 33,33% de participação na produção do poço C-3.

Na avaliação da empresa, o resultado obtido confirma o “significativo potencial para gás na região oriental do Golfo do México, onde a Petrobras América detém 100% de participação em três outros projetos de prospecções com características semelhantes.
 
 
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Aranha descobre marca de pata de gato de Gabriel, tira foto e conta aos guardiã
SUSTO
Celular pega fogo no bolso da calça e deixa homem com queimaduras na perna e mãos
PROCURADO
Com prisão decretada desde setembro, Dado Dolabella é considerado foragido da Justiça
DICAS DE MARKETING
5 dicas de marketing para um negócio de dropshipping
CRIME HEDIONDO
Câmera flagra ataque de suspeito de estuprar garota de 14 anos em SP; vídeo
TERROR
Ataque dentro da Catedral deixa ao menos cinco mortos em Campinas
REVIDE
Passageiro atropelado por motorista de aplicativo após vomitar em carro está em coma
A SERVIÇO DE DEUS
Angela Bismarchi festeja diploma para ser pastora: ‘Eu era pecadora e não sabia’
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Luz dá caixa com terra de cova de Gabriel para Valentina
INTOCÁVEL
PF pediu prisão domiciliar de Aécio, Cristiane Brasil e Paulinho da Força, mas PGR e STF não concede