Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 22 de outubro de 2018
SADER_FULL
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Parreira começa a montar time da Copa América

30 Jun 2004 - 10h18
O técnico Carlos Alberto Parreira começou na terça-feira a definir a equipe titular do Brasil que participará da Copa América do Peru no próximo mês, mas destacou que o time vai ser mudado durante a competição.

No primeiro treino com bola da equipe na Granja Comary durante a preparação para o torneio, o técnico realizou um trabalho tático e adiantou que o time titular será Júlio César (que ainda não está com o grupo), Mancini, Juan, Luisão e Gustavo Nery; Renato, Kléberson, Edu e Alex; Adriano e Luis Fabiano.

Depois entraram Maicon e Cris nas vagas de Mancini e Luisão, respectivamente.

"Esse é um esboço do time que estreará contra o Chile", disse ele durante coletiva de imprensa após o treinamento. "Mas ele depois será modificado, e não garanto que o time que começar a competição será o mesmo durante todo o torneio".

"Temos que aproveitar a oportunidade para ampliar esse leque de opções, mas sem descaracterizar o time porque estamos pensando em chegar na final".

Parreira acrescentou que o tempo de preparação antes da estréia no dia 8 de julho é muito pequeno, e que o mínimo necessário seriam 15 dias. O técnico acrescentou que pretende realizar o maior número possível de coletivos para suprir a falta de amistosos.

Entre os titulares, Parreira deu preferência aos jogadores que já vinham sendo convocados por ele anteriormente. O técnico confirmou que o esquema tático será o mesmo da equipe das eliminatórias, com um volante, dois meias, e Alex na criação de jogadas.

"Vamos ter um trabalho maior exatamente porque o tempo é muito curto. Na estréia teremos um jogo extremamente importante porque ainda não estaremos bem nem fisicamente nem na parte tática e técnica", afirmou Parreira.

"Mas esse time é formado por um grupo muito técnico, o que de certa forma tranquiliza. Todos os jogadores que estão aqui são titulares absolutos de suas equipes e agora precisamos de um mínimo de organização para que toda essa técnica apareça".

O treinador acrescentou que só anunciará o time titular na cidade peruana Arequipa, para onde o Brasil embarca na quinta-feira para o jogo com os chilenos.

Ele disse ainda que já conversou bastante com os jogadores sobre o comportamento dentro de campo, principalmente com a entrada em vigor no dia 1º de julho da regra da Fifa que obriga o cartão amarelo para os jogadores que comemoram o gol tirando a camisa.

Feijão e goiabada

A Seleção Brasileira está preocupada com a alimentação no Peru, e levará feijão, farinha, goiabada e guaraná, além de uma cozinheira, para o torneio.

Parreira também demonstrou seu apoio ao jogo da seleção no Haiti em 18 de agosto para ajudar no esforço de paz no país caribenho, em uma partida em que os torcedores poderão trocar armas por ingressos.

"Não gosto de misturar esporte com política, mas nesse caso, devido ao cunho social da coisa, sou totalmente a favor. O futebol tem esse aspecto de unir, e às vezes pode funcionar melhor do que soldados," disse ele.

O técnico ainda mostrou-se favorável ao projeto da CBF de formalizar um período de transferências no futebol brasileiro. A intenção da confederação é acabar com a evasão de jogadores para o exterior durante a temporada, permitindo transferências apenas entre 20 de dezembro e 31 de janeiro e no mês de julho.

"Para o Campeonato Brasileiro é melhor essa determinação porque evita que as equipes já formadas percam seus principais jogadores durante a competição. Por outro lado prejudica os clubes que querem e precisam vender, porque os clubes da Europa só poderão comprar os brasileiros em dezembro".

 

Terra

Deixe seu Comentário

Leia Também

DISPUTA ACIRRADA
Vox Populi: Distância cai para 6 pontos
AGRESSÃO
Justiça manda penhorar bens de Dado Dolabella para pagar indenização a camareira agredida
HOMICÍDIO - 17 TIROS
Empresário é morto com 17 tiros; acusados estão detidos
ACIDENTE DE TRANSITO
Carros capotam após batida; criança de 5 anos ficou ferida
POLITICA
TSE abre investigação para apurar suposto crime eleitoral de Bolsonaro
FAMOSIDADES
Jair Bolsonaro teria causado a separação de Neymar e Bruna Marquezine
NOVELA GLOBAL
Segundo Sol: Após suborno e tentativa de estupro, Remy se entrega a polícia para deixar Luzia livre
REALITY SHOW
Perlla é eliminada de A Fazenda com 22,64% dos votos
RETA FINAL
'Segundo sol': Antes de ir para a cadeia, Luzia pede: 'Continuem procurando por Remy! Ele está vivo!
CASO LETICIA
Adolescente morta a facadas contou a amigos que pai estuprou a tia na sua frente:'Tinha quatro anos'