SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 23 de Outubro de 2017
DELPHOS_FULL
29 de Novembro de 2004 08h40

Parceiro quer zagueiro Dininho no Corinthians

O zagueiro Dininho é mais um na ambiciosa lista de reforços pré-traçada pelo iraniano Kia Joorabchian, presidente do Grupo Media Sports Investment (MSI), para o Corinthians. O executivo, que está na argentina tratando da negociação do meia Tevez, sua principal promessa na campanha pela aprovação da parceria com o Corinthians, fez uma relação de possíveis reforços e já até realizou alguns contatos.

Dininho está na mira do MSI, que inclui também nomes como o do atacante França, ex-São Paulo, que já começou a discutir um futuro contrato. O empresário de Dininho, Bruno Pontes de Paiva, garante que ainda não foi procurado.

"Por enquanto, nada oficial. É claro que a gente fica satisfeito com essa notícia, o Corinthians é um clube grande e qualquer um teria interesse em jogar lá. Não tenho noção exata da situação financeira do clube e não sei precisar a multa rescisória do Dininho, mas acredito que o Corinthians poderia contratá-lo".

Dininho tem contrato até dezembro de 2005 com o clube do ABC. Apesar da negativa de seu empresário, o jogador já sabe do interesse do Corinthians. No treino de sábado, falou sobre o assunto com companheiros de equipe.

Enquanto a lista de possíveis reforços cresce no Brasil, a negociação pelo meia Carlos Tevez parece ter travado de vez na Argentina. O iraniano Kia Joorabchian ainda não entrou em acordo com o presidente do Boca Juniors, Maurício Macri, quanto à liberação do jovem armador. O dirigente argentino faz de tudo para segurar o camisa 10 até junho de 2005.

"Amanhã (segunda-feira) teremos uma definição. O Kia não pode mais esperar e vai voltar ao Brasil. A negociação não está fácil", diz Adrian Ruocco, procurador do meia.

 

Terra Redação

Comentários
Veja Também
Nossa_Lojas
LIMIT ACADEMIA_BOTTON
LÉO_GÁS_300
Últimas Notícias
  
LÉO_GÁS_300
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.