Menu
LIMIT ACADEMIA
sábado, 16 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Palmeiras tenta parar o líder Fluminense no Maracanã

1 Set 2010 - 10h22Por Agência Estado
A marcação forte no meio-de-campo e o comprometimento em acabar com as oscilações do time no Brasileirão são os trunfos do Palmeiras para o jogo desta quarta-feira, contra o líder Fluminense no Maracanã.

Parar a equipe carioca, que não perde desde 23 de maio, não será uma tarefa fácil, reconhecem os alviverdes. E para conseguir a façanha, o Palmeiras apostará no mesmo time que venceu o Atlético-MG na última rodada, em Ipatinga.

Felipão avisou que ainda não encontrou a formação ideal e por isso prefere não arriscar, optando por uma escalação defensiva mas segura. Atuando no 3-5-2 o Palmeiras ainda não perdeu. Foram três vitórias e um empate. "A gente tem de jogar com a formação que dá os resultados. Por enquanto é essa que tem sido mais eficiente", disse o treinador após o triunfo contra o Atlético-MG.

A única diferença em relação ao time que entrou em campo na última rodada pode ser a saída de Valdivia. O chileno viajou nesta terça com o elenco, mas será avaliado pela comissão de médicos antes da partida para saber se terá condições de jogo. O Mago continua com dores na coxa direita depois de uma pancada que sofreu no último jogo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Lutador de MMA mata ex de 16 anos, tenta suicídio e morre horas depois em hospital
VIOLENCIA NO RIO
Menina de 11 anos é baleada e morta em Triagem; moradores protestam
DOENÇA GRAVE
Leiliane ganha acompanhamento médico após desastre com Boechat