Menu
SADER_FULL
quarta, 19 de setembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
DR. SHAPE
Brasil

"Pac-Man" do Google roubou 5 mi de horas de trabalho no mundo

25 Mai 2010 - 13h00Por Terra

A equipe responsável pelo RescueTime, software que permite que empresas e pessoas físicas monitorem quanto tempo é gasto na internet, fez um cálculo aproximado que revelou que a versão do jogo eletrônico Pac-Man, oferecido na página principal do Google na última sexta-feira, dia 21 de maio de 2010, custou quase 5 milhões de horas trabalhadas em todo o mundo.

Segundo o blog do RescueTime, assim que o jogo surgiu no lugar do costumeiro logo da Google, vários usuários do serviço Twitter começaram a divulgar a novidade.

"Bem, o bastante para a minha manhã", disse um deles. "Logotipo do Google vira Pac-Man e acaba de arruinar nossa produtividade", disse outro.

Tony Wright, fundador da empresa de monitoramento online, afirmou que o tempo médio gasto na página de pesquisa é de quatro minutos e meio por dia, repartido por 22 exibições de página (11 segundos por acesso).

Isso engloba de pesquisas rápidas, onde se clica nos primeiros links do resultado, até quando se usa o site como uma ferramenta de navegação, pesquisando IBM, ao invés de digitar www.ibm.com, por exemplo.

De acordo com o site Geek, a pesquisa feita com um grupo aleatório com cerca de 11 mil usuários comparou então dados de acessos do chamado "Pac-Man Day" com as sextas-feiras anteriores e as diferenças foram notáveis.

O usuário médio passou 36 segundos a mais no Google durante esta sexta-feira. Ainda assim, Wright acredita que "75% das pessoas que viram o logotipo não tinham idéia do que era possível realmente jogá-lo".

Usando a ferramenta Wolfram Alpha, eles verificaram que o site teve 504.703.000 visitantes únicos.

Usando a sua base de dados como parâmetro - o que não se trata da massa de dados que mais condiz com a realidade, porém tem sua relevância - a RescueTime concluiu que o Pac-Man da Google consumiu 4.819.352 horas que poderiam ser usadas para tarefas do dia-a-dia ou em tarefas profissionais.

Quer dizer, o joguinho roubou quase 5 milhões de horas de trabalho.

A média em dias comuns é de 34 mil horas consumidas no site de pesquisa.

Se o valor pago por hora trabalhada de um usuário Google for de US$ 25, os custos com o jogo podem chegar US$ 120.483.800, o que permitiria a contratação de todos os 19.835 funcionários do Google por seis semanas.

Ainda no blog, Wright fez questão de deixar claro que não acha que esses números sejam trágicos. "Usar a internet por lazer é fundamental até para a produtividade dos funcionários. Mas achamos os números interessantes e resolvemos divulgar", disse.

O grupo de empresas Google resolveu manter o jogo permantentemente online no link www.google.com/pacman.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PESQUISA ELEITORAL
Ibope: Haddad cresce em todos os segmentos; Bolsonaro só entre os mais ricos
BARBÁRIE
Corpo de Adolescente desaparecida há 11 dias é encontrado em Lixão
NOVELA GLOBAL
Karola e Laureta viram inimigas mortais em ‘Segundo sol’, e traz sérias consequências para ambas
ALCOOLISMO
Menino de 9 anos é expulso de casa pela mãe alcoólatra por se recusar a roubar, no DF
LATROCINIO
Tentativa de assalto termina com pai morto e filho baleado
MENOR INFRATOR
Cobradora é apedrejada em assalto e adolescente é detido pela 4ª vez
FAMOSIDADES
Justiça condena Deborah Secco por desvio de dinheiro público
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Severo vai morar com mendigos e vira vizinho de Agenor
CLUELDADE
Por mãe estar sem o celular, ladrão dá facada em bebê de 3 meses
ECONOMIA
Mercado financeiro já trabalha para traçar cenários sem Bolsonaro