Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 23 de abril de 2019
SADER_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

"Pac-Man" do Google roubou 5 mi de horas de trabalho no mundo

25 Mai 2010 - 13h00Por Terra

A equipe responsável pelo RescueTime, software que permite que empresas e pessoas físicas monitorem quanto tempo é gasto na internet, fez um cálculo aproximado que revelou que a versão do jogo eletrônico Pac-Man, oferecido na página principal do Google na última sexta-feira, dia 21 de maio de 2010, custou quase 5 milhões de horas trabalhadas em todo o mundo.

Segundo o blog do RescueTime, assim que o jogo surgiu no lugar do costumeiro logo da Google, vários usuários do serviço Twitter começaram a divulgar a novidade.

"Bem, o bastante para a minha manhã", disse um deles. "Logotipo do Google vira Pac-Man e acaba de arruinar nossa produtividade", disse outro.

Tony Wright, fundador da empresa de monitoramento online, afirmou que o tempo médio gasto na página de pesquisa é de quatro minutos e meio por dia, repartido por 22 exibições de página (11 segundos por acesso).

Isso engloba de pesquisas rápidas, onde se clica nos primeiros links do resultado, até quando se usa o site como uma ferramenta de navegação, pesquisando IBM, ao invés de digitar www.ibm.com, por exemplo.

De acordo com o site Geek, a pesquisa feita com um grupo aleatório com cerca de 11 mil usuários comparou então dados de acessos do chamado "Pac-Man Day" com as sextas-feiras anteriores e as diferenças foram notáveis.

O usuário médio passou 36 segundos a mais no Google durante esta sexta-feira. Ainda assim, Wright acredita que "75% das pessoas que viram o logotipo não tinham idéia do que era possível realmente jogá-lo".

Usando a ferramenta Wolfram Alpha, eles verificaram que o site teve 504.703.000 visitantes únicos.

Usando a sua base de dados como parâmetro - o que não se trata da massa de dados que mais condiz com a realidade, porém tem sua relevância - a RescueTime concluiu que o Pac-Man da Google consumiu 4.819.352 horas que poderiam ser usadas para tarefas do dia-a-dia ou em tarefas profissionais.

Quer dizer, o joguinho roubou quase 5 milhões de horas de trabalho.

A média em dias comuns é de 34 mil horas consumidas no site de pesquisa.

Se o valor pago por hora trabalhada de um usuário Google for de US$ 25, os custos com o jogo podem chegar US$ 120.483.800, o que permitiria a contratação de todos os 19.835 funcionários do Google por seis semanas.

Ainda no blog, Wright fez questão de deixar claro que não acha que esses números sejam trágicos. "Usar a internet por lazer é fundamental até para a produtividade dos funcionários. Mas achamos os números interessantes e resolvemos divulgar", disse.

O grupo de empresas Google resolveu manter o jogo permantentemente online no link www.google.com/pacman.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRÔNICA DA SEMANA
CRÔNICA DA SEMANA: 'Precisamos redescobrir o Brasil', por Luciano Gazola
CRUELDADE
Criança tinha o pênis amarrado com elástico e era torturada pelo pai e a madrasta
MORTE TRÁGICA
Adolescente de 13 anos morre após sofrer queda de bicicleta
ESTAVA FORAGIDO
Homem que matou esposa na Sexta-feira Santa morre em acidente 03 dias depois
FEMINICIDIO
Advogada é assassinada a facadas por marido após discussão
100 LUZ
Giselle Itié lamenta a morte de outro ex-namorado em apenas três meses
CENSURADO
Video com ataques de Olavo a Militares é excluido das Redes de Bolsonaro
DOENÇA DO SÉCULO
Yasmim Gabrielle, do ‘Programa Raul Gil’, se suicida após depressão
FATALIDADE
Bebê morre após ser esquecida pelo pai por três horas dentro do carro
IRRESPONSABILIDADE
Bebê de 1 aninho entra em coma alcoólico após pai dar cachaça com refrigerante