Menu
SADER_FULL
terça, 22 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

"Pac-Man" do Google roubou 5 mi de horas de trabalho no mundo

25 Mai 2010 - 13h00Por Terra

A equipe responsável pelo RescueTime, software que permite que empresas e pessoas físicas monitorem quanto tempo é gasto na internet, fez um cálculo aproximado que revelou que a versão do jogo eletrônico Pac-Man, oferecido na página principal do Google na última sexta-feira, dia 21 de maio de 2010, custou quase 5 milhões de horas trabalhadas em todo o mundo.

Segundo o blog do RescueTime, assim que o jogo surgiu no lugar do costumeiro logo da Google, vários usuários do serviço Twitter começaram a divulgar a novidade.

"Bem, o bastante para a minha manhã", disse um deles. "Logotipo do Google vira Pac-Man e acaba de arruinar nossa produtividade", disse outro.

Tony Wright, fundador da empresa de monitoramento online, afirmou que o tempo médio gasto na página de pesquisa é de quatro minutos e meio por dia, repartido por 22 exibições de página (11 segundos por acesso).

Isso engloba de pesquisas rápidas, onde se clica nos primeiros links do resultado, até quando se usa o site como uma ferramenta de navegação, pesquisando IBM, ao invés de digitar www.ibm.com, por exemplo.

De acordo com o site Geek, a pesquisa feita com um grupo aleatório com cerca de 11 mil usuários comparou então dados de acessos do chamado "Pac-Man Day" com as sextas-feiras anteriores e as diferenças foram notáveis.

O usuário médio passou 36 segundos a mais no Google durante esta sexta-feira. Ainda assim, Wright acredita que "75% das pessoas que viram o logotipo não tinham idéia do que era possível realmente jogá-lo".

Usando a ferramenta Wolfram Alpha, eles verificaram que o site teve 504.703.000 visitantes únicos.

Usando a sua base de dados como parâmetro - o que não se trata da massa de dados que mais condiz com a realidade, porém tem sua relevância - a RescueTime concluiu que o Pac-Man da Google consumiu 4.819.352 horas que poderiam ser usadas para tarefas do dia-a-dia ou em tarefas profissionais.

Quer dizer, o joguinho roubou quase 5 milhões de horas de trabalho.

A média em dias comuns é de 34 mil horas consumidas no site de pesquisa.

Se o valor pago por hora trabalhada de um usuário Google for de US$ 25, os custos com o jogo podem chegar US$ 120.483.800, o que permitiria a contratação de todos os 19.835 funcionários do Google por seis semanas.

Ainda no blog, Wright fez questão de deixar claro que não acha que esses números sejam trágicos. "Usar a internet por lazer é fundamental até para a produtividade dos funcionários. Mas achamos os números interessantes e resolvemos divulgar", disse.

O grupo de empresas Google resolveu manter o jogo permantentemente online no link www.google.com/pacman.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho