Menu
SADER_FULL
sexta, 26 de abril de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

OAB quer acabar com exercício ilegal da profissão em MS

27 Set 2004 - 11h15
Convênio firmado entre a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e o TJ (Tribunal de Justiça) de Mato Grosso do Sul tenta acabar com o exercício ilegal da profissão de advogado. De acordo com a assessoria da OAB, ficam impossibilitados de advogar os profissionais inscritos que estejam suspensos ou que tiveram as inscrições cassadas.

A iniciativa tem como objetivo defender também os interesses das pessoas que buscam o Judiciário para a solução de conflitos e para
evitar prejuízos à máquina judiciária. Além disso, um banco de dados contendo informações sobre os cerca de 6,5 mil advogados inscritos no Estado será disponibilizado ao TJ.

Caso o advogado esteja suspenso ou tenha a sua inscrição cassada nos quadros da OAB, ao protocolar uma ação o processo não será distribuído. Os próprios servidores dos cartórios estarão encarregados de checar a situação do advogado por meio do sistema antes de enviar a petição para o setor de distribuição ou para o juiz da Vara.

Conforme o presidente da OAB de MS, Geraldo Escobar, diante de uma situação dessa o profissional, desde que não tenha sido excluído dos quadros da instituição, deverá regularizar a sua situação perante a Ordem ou orientar o cliente a constituir outro advogado.

“Dessa forma estaremos garantindo o cumprimento das decisões ou sanções aplicadas pelo Tribunal de Ética e que já não comportem mais recursos aos Conselhos Seccional ou Federal”, explica. O presidente disse ainda que em virtude do convênio, as pessoas devem obter na OAB informações sobre o advogado que desejam contratar.

Além de Escobar, participaram do evento o presidente do TJ, Rubens Bergonzi Bossay, e representantes diretores da Caixa de Assistência dos Advogados.
 
 
MS Notícias

Deixe seu Comentário

Leia Também

DEMISSÃO DE CONSENSO
BB tira do ar propaganda com jovem negra careca, homens de cabelo rosa e no salão de beleza
ANJOS DA VIDA
Em quatro dias, 16 pessoas foram salvas do suicídio na Ponte Newton Navarro
TOCAIA
Mulher é chamada pelo nome e ao atender leva vários tiros
100 EDUCAÇÃO
Revoltada, mãe denuncia que criança voltou da creche com cocô amarrado em mochila
MEGA SENA
Mega-Sena segue acumulada e prêmio chega a R$ 105 MILHÕES
100 MUDAR HORÁRIO
Bolsonaro assina decreto que encerra com o horário de verão
FAMOSIDADES
Xuxa mostra vídeo de seu cabelo sendo raspado pela filha, Sasha
SEGUNDA EMBOSCADA
Empresário de Distribuidora de Bebidas é atingido por 24 tiros e sobrevive
DUPLO ASSASSINATO
Em trama diabólica Homem matou casal de irmãos para receber seguro de vida da ex-mulher
ACUMULOU
Ninguém acerta as seis dezenas da Mega-Sena e prêmio vai a R$ 105 milhões