Menu
PASSARELA
quinta, 21 de junho de 2018
SADER_FULL
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Número de mortos em terremoto na Ásia pode chegar a 10 mil

27 Dez 2004 - 07h13
 
Um terremoto de 8,9 graus na escala Richter, o mais forte registrado nos últimos 40 anos, provocou ondas gigantes [de até dez metros de altura] e diversos tsunamis [tipo especial de onda oceânica, gerada por distúrbios sísmicos, que possui alto poder destrutivo quando chega à região costeira] que deixaram cerca de 10 mil mortos em Sri Lanka, Índia, Indonésia, Malásia, Tailândia e ilhas Maldivas.

Segundo o Centro de Pesquisa Geológica dos EUA, o terremoto foi o quinto maior já registrado desde 1900 e o maior desde o tremor de 9,2 graus na escala Richter atingiu o Estado do Alasca em 1964. O foco do terremoto foi localizado a 40 km de profundidade, na costa oeste da ilha de Sumatra, a 1.620 km da capital da Indonésia, Jacarta.

As ondas causadas pelo terremoto se propagaram pelo oceano Índico e pelo mar de Andaman [entre Índia e Tailândia] e chegaram a dez metros de altura. Milhares de pessoas arrastadas pelas águas ou que estavam no mar são consideradas desaparecidas.

Vilarejos de pescadores, hotéis, casas e carros foram varridos pelas ondas, causadas pelo forte terremoto, segundo fontes oficiais ouvidas pela agência de notícias Associated Press (AP).

Muitos estrangeiros morreram na catástrofe e vários países ocidentais, como França, Alemanha e Inglaterra, instalaram "células de crise" para ajudar os milhares de turistas que passaram o Natal na região.

A Indonésia foi o país mais castigado. Pelo menos 4.000 pessoas morreram no norte da ilha de Sumatra, abalada por um forte terremoto seguido por um maremoto, segundo uma representante do ministério da Saúde.

No Sri Lanka --cerca de 1.600 km distante do epicentro-- foram 3.200 mortos, a maioria crianças e idosos. Cerca de 1.600 pessoas ficaram feridas, e muitas ainda estão desaparecidas, informaram fontes oficiais à agência France Presse. O país pediu ajuda à comunidade internacional e as forças armadas foram mobilizadas nas regiões afetadas.

Na Índia, cerca de 2.400 pessoas morreram no Estado de Tamil Nadu, na costa sul do país. Na Tailândia, 300 morreram e na Malásia, 40. Milhares estão desaparecidas, principalmente pescadores que estavam no mar. Equipes de salvamento tentavam encontrar pessoas ilhadas em áreas inundadas.

Também foram atingidos Bangladesh e Maldivas, esta com 15 mortes, e o arquipélago indiano de Andaman (no golfo do Bengala), onde há relatos de mais 300 mortos.


Folha com Agências Internacionais

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAUDE
Mulher dá a luz em calçada no Cajuru
FAMOSIDADES
Ex-apresentadora do ‘Vídeo show’, Alinne Prado sofre assalto a mão armada dentro de casa
RELIGIÃO
Padre é flagrado dando tapa em criança durante batismo
APOCALIPSE
André (Sidney Sampaio) é assassinado por Ricardo (Sérgio Marone)
DEMORA
Diesel cai R$ 0,62 em distribuidoras e apenas R$ 0,32 nos postos de MS
Brasil
Terceiro homem que assediou russa na Copa diz que “estão transformando um copo d’água em uma tempestade”
‘Alta Pressão’
Exército deflagra Operação para fiscalizar armamento e reduzir desvios para o comércio ilegal
COLÉGIO DELPHOS - BOLSAS DE ESTUDOS
Colégio Delphos Nota 10 oferece provas para bolsas de estudos neste sábado em Dourados
UNIPAR - EAD - DOURADOS
Unipar EAD com pós-graduação e 25 cursos a distância com mensalidade acessíveis agora em Dourados
PENSÃO ALIMENTÍCIA
Genro de Silvio Santos é procurado por Policia Federal após mandado de prisão