Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 16 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Novo exame do ensino superior vai ser feito por 156 mil

26 Jul 2004 - 15h28
Em todo o País, 156 mil alunos vão fazer, em novembro, o Enade (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes), nova prova de avaliação do ensino superior criada pelo Ministério da Educação. Os alunos a serem avaliados representam 44% dos universitários de 13 áreas escolhidas para essa primeira avaliação através do Enad. A listagem deve sair até o dia 18 de outubro. Os alunos a serem avaliados são dos cursos de Agronomia, Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Medicina, Medicina Veterinária, Nutrição, Odontologia, Serviço Social, Terapia Ocupacional e Zootecnia. O exame será aplicado no dia 7 de novembro. Conforme o Inep divulgou, o Enade é constituído de uma prova única para cada área, que permitirá a análise do aprendizado em quatro itens: competências, habilidades, conhecimentos gerais e conteúdos profissionais específicos dos estudantes. O estudante terá quatro horas para fazer o Exame. Os resultados serão divulgados em uma escala de cinco níveis. Além da prova, o aluno deverá responder a um questionário socioeconômico. Não foi divulgado o número de estudantes por Estado.
 
 
Agência Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Lutador de MMA mata ex de 16 anos, tenta suicídio e morre horas depois em hospital
VIOLENCIA NO RIO
Menina de 11 anos é baleada e morta em Triagem; moradores protestam
DOENÇA GRAVE
Leiliane ganha acompanhamento médico após desastre com Boechat