Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 21 de novembro de 2018
SADER_FULL
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

MST vai esperar reforma agrária "nas fazendas"

30 Jul 2004 - 17h29
A prática de distribuir o comando entre os vários acampamentos, permitindo ações isoladas, deixará de ser usada pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), no Pontal do Paranapanema. As invasões serão definidas pela coordenação regional e executadas com um grande contingente de militantes recrutados em todos os acampamentos. O coordenador estadual Laércio Barbosa disse que a nova estratégia do MST é reduzir o número de militantes acampados em beira de estradas. O movimento tem 2.400 famílias distribuidas entre 12 acampamentos. "Se temos de esperar a reforma agrária, vamos esperar dentro das fazendas."

Hoje, os 1.500 sem-terra continuavam montando barracos na área pertencente à empresa Duke Energy, responsável pela geração de energia no rio Paranapanema. Eles ocupavam também uma área com lavoura de sorgo da fazenda, que tem 2 mil hectares. A plantação foi transformada em estacionamento para os carros e o trator com a carreta-tanque que abastece os acampados. A lavoura pertence a dois arrendatários da fazenda.

A estratégia do MST era montar o acampamento no terreno da empresa de energia para pressionar os donos da São Domingos, sem que ficasse caracterizada a invasão dessa propriedade. O advogado Coraldino Vendramini, que representa os arrendatários, disse que houve o esbulho possessório, agravado pela destruição parcial da lavoura.

Os sem-terra ocupam uma faixa da área cultivada e instalaram uma cancela na estrada de acesso. Vendramini vai entrar na segunda-feira com o pedido de reintegração de posse no Fórum de Pirapozinho. A Duke Energy também deve ir à Justiça para pedir a desocupação da área de segurança. A diretoria, em São Paulo, analisava o caso a partir das informações passadas pela gerência da Taquaruçu.

 

Estadão

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem que matou filho para defender a nora comete suicídio
INJUSTIÇA
Familiares prestam homenagem a laçador de cães que morreu após ser hostilizado
FORAGIDO
Mulher é morta a facadas pelo ex-marido, que não aceitava fim de relacionamento
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Valentina conta a Egídio que Gabriel é filho dele
CRUELDADE
Idosa de 106 anos é assassinada a pauladas no Maranhão
NOVO GOVERNO
Desistência de general para ministério leva crise ao QG de Bolsonaro
ASSASSINATO
Câmeras flagram dupla efetuando mais de 30 tiros contra homem; veja o vídeo
TRISTEZA
Menino de 10 anos comete suicídio após a prisão do pai
MALDADE
Câmera de segurança flagra homem colocando fogo em casinha comunitária para cachorros
FATIMASSULENSES EM UBATUBA (SP)
Fatimassulenses, alunos do Vicente Pallotti fazem curso de biodiversidade marinha em Ubatuba (SP)