Menu
LIMIT ACADEMIA
quinta, 17 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

MST vai esperar reforma agrária "nas fazendas"

30 Jul 2004 - 17h29
A prática de distribuir o comando entre os vários acampamentos, permitindo ações isoladas, deixará de ser usada pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), no Pontal do Paranapanema. As invasões serão definidas pela coordenação regional e executadas com um grande contingente de militantes recrutados em todos os acampamentos. O coordenador estadual Laércio Barbosa disse que a nova estratégia do MST é reduzir o número de militantes acampados em beira de estradas. O movimento tem 2.400 famílias distribuidas entre 12 acampamentos. "Se temos de esperar a reforma agrária, vamos esperar dentro das fazendas."

Hoje, os 1.500 sem-terra continuavam montando barracos na área pertencente à empresa Duke Energy, responsável pela geração de energia no rio Paranapanema. Eles ocupavam também uma área com lavoura de sorgo da fazenda, que tem 2 mil hectares. A plantação foi transformada em estacionamento para os carros e o trator com a carreta-tanque que abastece os acampados. A lavoura pertence a dois arrendatários da fazenda.

A estratégia do MST era montar o acampamento no terreno da empresa de energia para pressionar os donos da São Domingos, sem que ficasse caracterizada a invasão dessa propriedade. O advogado Coraldino Vendramini, que representa os arrendatários, disse que houve o esbulho possessório, agravado pela destruição parcial da lavoura.

Os sem-terra ocupam uma faixa da área cultivada e instalaram uma cancela na estrada de acesso. Vendramini vai entrar na segunda-feira com o pedido de reintegração de posse no Fórum de Pirapozinho. A Duke Energy também deve ir à Justiça para pedir a desocupação da área de segurança. A diretoria, em São Paulo, analisava o caso a partir das informações passadas pela gerência da Taquaruçu.

 

Estadão

Deixe seu Comentário

Leia Também

MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS
DECEPCIONADA
Regina Duarte surpreende e se posiciona contra atitude de Bolsonaro
SATÂNICO
Mulheres são presas acusadas de torturar criança de apenas dois anos que teve rosto desfigurado
INSPIRAÇÃO
Idoso se forma em Direito aos 94 anos, após morte da esposa
POLEMICA
Movimento Gay quer tirar Bíblia de circulação no Brasil, diz Damares
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem atira em esposa e se mata com granada
SUPERAÇÃO
Pedreiro cadeirante enfrenta difilculdades e sustenta a família trabalhando em obras
GASES MORTAIS
Homem morre após segurar peidos na casa da namorada
REALITY SHOW
'BBB 19': Danrley diz ser virgem, e irmã brinca: 'Nem no signo'
ALERTA
Smartphone afeta a saúde mental, e o dano pode começar em crianças de 2 anos!