Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 14 de dezembro de 2018
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

"Morro de vontade de voltar a jogar", afirma Kaká

10 Set 2010 - 11h12Por Gazeta Esportiva

Treinando em média cinco horas por dia entre exercícios físicos e fisioterapia, o meia Kaká se mostrou animado com a recuperação da cirurgia no joelho esquerdo, feita há um mês. De acordo com o que contou ao jornal espanhol Marca, o brasileiro está evoluindo bem enquanto morre de vontade de voltar aos gramados europeus pelo Real Madrid.

"Morro de vontade de voltar a jogar. É muito difícil assistir às partidas, porque gostaria de ajudar de uma forma direta", afirmou o atleta, contando os dias para poder atuar. A expectativa é que retome os treinos com bola nas próximas três semanas. "Estou fazendo tudo o que está ao meu alcance para voltar a jogar e a fazê-lo bem", completou.

Apesar da vontade afirmada pelo meia brasileiro, o médico do Real Madrid, Carlos Díez, pediu calma para não prejudicar o processo. "Temos que ser cautelosos, porque é a segunda intervenção no mesmo joelho. Ele também tem que recuperar o púbis", afirmou. As dores no local operado diminuíram muito e não incomodam mais, segundo Kaká.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA - WHATSAPP
Administradora de grupo no WhatsApp, foi “condenada” á pagar 3 mil por discussão de membros
DICAS DE SERVIÇO DE HOSPEDAGEM NA WEB
Vai criar um blog ou um site?, saiba aqui tudo sobre o serviço de hospedagem
ALERTA NA NET
Golpe no WhatsApp engana usuários ao prometer brindes falsos de Natal
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Luz passa mal ao abraçar e beijar a mãe pela primeira vez
FURACÃO
Atlético-PR ganha nos penaltis e é campeão da Sul-Americana
PROVAS ROBUSTAS
PF apreende R$ 2 milhões em busca em endereços de Aécio e aliados de Temer
INCREDIBILIDADE
Um Governo ficha-suja: mais da metade dos ministros estão enrolados
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Aranha descobre marca de pata de gato de Gabriel, tira foto e conta aos guardiã
SUSTO
Celular pega fogo no bolso da calça e deixa homem com queimaduras na perna e mãos
PROCURADO
Com prisão decretada desde setembro, Dado Dolabella é considerado foragido da Justiça