Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 16 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

"Morro de vontade de voltar a jogar", afirma Kaká

10 Set 2010 - 11h12Por Gazeta Esportiva

Treinando em média cinco horas por dia entre exercícios físicos e fisioterapia, o meia Kaká se mostrou animado com a recuperação da cirurgia no joelho esquerdo, feita há um mês. De acordo com o que contou ao jornal espanhol Marca, o brasileiro está evoluindo bem enquanto morre de vontade de voltar aos gramados europeus pelo Real Madrid.

"Morro de vontade de voltar a jogar. É muito difícil assistir às partidas, porque gostaria de ajudar de uma forma direta", afirmou o atleta, contando os dias para poder atuar. A expectativa é que retome os treinos com bola nas próximas três semanas. "Estou fazendo tudo o que está ao meu alcance para voltar a jogar e a fazê-lo bem", completou.

Apesar da vontade afirmada pelo meia brasileiro, o médico do Real Madrid, Carlos Díez, pediu calma para não prejudicar o processo. "Temos que ser cautelosos, porque é a segunda intervenção no mesmo joelho. Ele também tem que recuperar o púbis", afirmou. As dores no local operado diminuíram muito e não incomodam mais, segundo Kaká.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Lutador de MMA mata ex de 16 anos, tenta suicídio e morre horas depois em hospital
VIOLENCIA NO RIO
Menina de 11 anos é baleada e morta em Triagem; moradores protestam
DOENÇA GRAVE
Leiliane ganha acompanhamento médico após desastre com Boechat
SOLIDARIEDADE
Jovem faz campanha para pagar cirurgia de cachorro que vive com tumor 'gigante'