Menu
LIMIT ACADEMIA
sexta, 14 de dezembro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Menino de 12 anos mata amigo de 14 na Bahia

15 Jul 2010 - 18h01Por Terra

Um garoto de 12 anos morreu com um tiro no peito disparado por um adolescente de 14 anos, no município de Ribeirão do Largo, no sudoeste baiano, segundo informações da polícia. O crime ocorreu na tarde de quarta-feira, depois que a vítima saiu de casa portando a arma do pai, uma espingarda de fabricação artesanal, acompanhado do adolescente de 14 anos e uma criança de 8 anos.

A polícia informou que os três teriam saído para caçar, mas uma discussão entre os meninos terminou em morte. O adolescente autor do disparo alegou não saber se a arma disparou por acidente ou se ele realmente puxou o gatilho, após tomar a espingarda do amigo.

Depois da morte da vítima, o adolescente teria obrigado o primo de 8 anos a esconder o cadáver e depois retornou para casa onde passou o resto do dia jogando bola. O corpo foi encontrado na manhã dessa quinta. O adolescente acusado de matar o amigo será apresentado ao Ministério Público Estadual.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CASO JOÃO DE DEUS
Marina Ruy Barbosa intervém no caso João de Deus e impede uma grande tragédia
PRISÃO DECRETADA
Justiça de Goiás decreta prisão de João de Deus
STARTUPS NO BRASIL JÁ É SUCESSO
O sucesso das startups no Brasil e algumas novas apostas no mercado
REVOLTANTE
Filha de João de Deus diz que foi abusada dos 10 aos 14 anos: 'Meu pai é um monstro'
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Robério beija Marcos Paulo e a agride ao descobrir que ela é trans
DESTAQUE MUNDIAL
Dois brasileiros estão no Top 50: melhores professores do mundo
JUSTIÇA - WHATSAPP
Administradora de grupo no WhatsApp, foi “condenada” á pagar 3 mil por discussão de membros
DICAS DE SERVIÇO DE HOSPEDAGEM NA WEB
Vai criar um blog ou um site?, saiba aqui tudo sobre o serviço de hospedagem
ALERTA NA NET
Golpe no WhatsApp engana usuários ao prometer brindes falsos de Natal
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Luz passa mal ao abraçar e beijar a mãe pela primeira vez