Menu
SADER_FULL
segunda, 21 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

MEC reconhece mérito da educação oferecida no Estado

9 Set 2004 - 17h21
O ministro da Educação, Tarso Genro, parabenizou, através de uma correspondência oficial, a aluna da Escola Estadual Leopoldo Dalmolim, de Itaquiraí, uma dos 27 estudantes vendedores do Concurso Nacional de Frases 2004. O ministro também elogiou a atuação do secretário de Estado de Educação, Hélio de Lima, no incentivo à criatividade e valorização dos alunos e professores de Mato Grosso do Sul. A escola da aluna premiada foi uma das 6.914 participantes do concurso.

A partir do tema “Os direitos da criança brasileira”, a estudante Elizéia Rodrigues de Sousa, de 13 anos, elaborou a frase premiada “É mais fácil construir crianças fortes do que consertar homens quebrados”. Representando o Estado no concurso, promovido pelo Ministério da Educação (MEC), com patrocínio da empresa Nestlé, Elizéia e seu professor orientador, Carlos Aparecido Martins dos Santos, ganharam uma viagem a Brasília, onde permanecem por cinco dias.

Além disso, a estudante sul-mato-grossense recebeu, dos ministros Tarso Genro e Gilberto Gil (Cultura), um diploma de honra ao mérito, troféu, kit de uniforme completo, contendo agasalho, calça, bermuda, camisetas, tênis, meias, mochila e boné, livros do programa Literatura em Minha Casa, do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE-MEC), dois livros do Programa Nacional Biblioteca da Escola e o Atlas Geográfico do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). A Escola Estadual Leopoldo Dalmolim recebeu um exemplar do Estatuto da Criança e do Adolescente.

O secretário Hélio de Lima disse que ficou honrado com o reconhecimento do MEC em relação ao trabalho desenvolvido pelo Governo Popular na área de educação. Ele lembrou que um dos reflexos do trabalho conjunto do governo do estado, municípios, escolas particulares e comunidades escolares é o estancamento do nível de queda, que vinha sendo diagnosticado nos últimos anos, no desempenho dos alunos, ficando entre os cinco melhores estados, segundo alguns critérios do Inep (Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais).

“Melhorar a qualidade da educação no Estado não é apenas um dever nosso. É uma meta. Exemplos como o da aluna Elizéia nos incentivam ainda mais a continuar na luta para oferecer o melhor ensino público aos alunos sul-mato-grossenses”, declarou Hélio.
 
Agência Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos