Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 18 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

MEC faz avaliação pedagógica no projeto Xadrez nas Escolas

30 Jun 2004 - 13h13
 

Durante os dias 29 e 30 de junho, os técnicos do Ministério da Educação, Paula Rocha e Moisés dos Anjos Ataíde, realizaram uma avaliação pedagógica das atividades do projeto Xadrez nas Escolas, para averiguar o andamento das diretrizes e medir o interesse dos parceiros em mantê-lo em funcionamento. Célia acompanhou as visitas e contou que ambos os técnicos elogiaram a estrutura e participação do público sul-mato-grossense. “Não podemos garantir, mas ao que tudo indica o Estado vai continuar com este grandioso projeto”, comentou.

No que depender da Sejel, o Xadrez nas Escolas continuará funcionando, pois faz parte da política da secretaria o incentivo ao esporte como complemento da educação escolar e forma de ocupar o tempo de crianças e adolescentes, evitando que eles fiquem nas ruas. Na avaliação da responsável pelo projeto na Sejel, Célia Cordeiro a parceria entre a secretaria e os Ministérios são altamente positivas. “Desde que o projeto foi implantado, em 2003, só tivemos bons resultados. As escolas que ainda não estão sendo atendidas querem participar. A resposta de professores e alunos também foi muito boa. A iniciativa do governo federal é louvável e o projeto deve continuar existindo. Nós da Secretaria vamos fazer o possível para que isso aconteça”, concluiu ela.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Adolescente é atropelada quando levava pai em cadeira de rodas, veja o vídeo
VIOLENCIA DOMESTICA
'Não consigo reconhecê-la', diz irmão de mulher espancada no 1° encontro
O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro
BRIGA NO PLANALTO
Magoado e traído, Bebianno não vai poupar filho de Bolsonaro
TRÁGICO
Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho
OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário