Menu
SADER_FULL
sábado, 16 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

MEC autoriza 4 cursos de direito e 2 de medicina

8 Jul 2004 - 13h38
O Ministério da Educação anunciou ontem a autorização para o funcionamento de quatro novos cursos de direito e outros dois de medicina em instituições de ensino superior privadas, dentro dos novos critérios definidos em maio.

Entre esses parâmetros, foram considerados o índice de desenvolvimento da região em que as vagas serão abertas e o número de profissionais em relação à população.

A homologação dos cursos de medicina foi suspensa em 2003 a pedido do Conselho Nacional de Saúde ainda na gestão do ex-ministro Cristovam Buarque, hoje senador (PT-DF). Já no caso do direito, a suspensão foi determinada pelo ministro Tarso Genro (Educação) em fevereiro deste ano após solicitação da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).

Outros dois pedidos de abertura de vagas de medicina para a capital paulista tiveram seus processos reenviados ao CNE (Conselho Nacional de Educação), responsável por conceder parecer nesse tipo de curso.
O ministro não divulgou o nome das instituições. A Folha apurou que os pedidos a serem analisados novamente são da Anhembi-Morumbi e da Unip (Universidade Paulista).

Em reunião entre Tarso e o CNE ficou definido ainda que será realizado um seminário para discutir os critérios para a expansão do ensino superior.

Em maio, o ministério suspendeu por 180 dias o recebimento de pedidos de credenciamento de novas instituições e de autorizações de novos cursos de graduação e seqüenciais, mesmo fora da sede.

Com as autorizações divulgadas ontem, serão 450 novas vagas nos cursos de direito ao ano e 180 em medicina.

As instituições que tiveram vagas autorizadas para direito foram Faculdade Metodista de Santa Maria (RS), cidade onde Tarso se formou, Faculdade Taboão da Serra, em Taboão da Serra (SP), Faculdades Integradas do Extremo Sul da Bahia, em Eunápolis, e Faculdades Integradas Iesgo, em Formosa (GO). Já os de medicina são da Faculdades Integradas Maria Coelho Aguiar, em Rondônia, e Centro Universitário do Espírito Santo.

 

 

Folha Online


Deixe seu Comentário

Leia Também

OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Lutador de MMA mata ex de 16 anos, tenta suicídio e morre horas depois em hospital
VIOLENCIA NO RIO
Menina de 11 anos é baleada e morta em Triagem; moradores protestam
DOENÇA GRAVE
Leiliane ganha acompanhamento médico após desastre com Boechat