Menu
LIMIT ACADEMIA
quinta, 13 de dezembro de 2018
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Marido espanca mulher depois de flagrá-la com amante em carro

25 Set 2010 - 09h26Por Uol
Uma mulher ficou com o rosto desfigurado após ser espancada pelo marido, um motoboy, e dois amigos dele, um comerciante e um monitor escolar. A agressão ocorreu depois que ela foi flagrada dentro de um carro com outro homem, na rua Satélite Ariel, no bairro Varginha, zona Sul de São Paulo. O homem também acabou surrado pelo trio e teve o nariz quebrado.

Segundo a PM, em seguida ao espancamento, os agressores colocaram as vítimas em dois veículos e saíram do local. A polícia foi chamada e os interceptou na avenida Tadao Inoue, próximo ao bairro de Parelheiros.

O motoboy e seus dois amigos foram levados para o 25º DP (Parelheiros). Segundo o delegado de plantão, Carlos Alberto Schio Filho, eles foram autuados por lesão corporal e constrangimento ilegal. O marido também será enquadrado na Lei Maria da Penha, que estabelece medidas mais pesadas em casos de agressão à mulher no ambiente doméstico.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Aranha descobre marca de pata de gato de Gabriel, tira foto e conta aos guardiã
SUSTO
Celular pega fogo no bolso da calça e deixa homem com queimaduras na perna e mãos
PROCURADO
Com prisão decretada desde setembro, Dado Dolabella é considerado foragido da Justiça
DICAS DE MARKETING
5 dicas de marketing para um negócio de dropshipping
CRIME HEDIONDO
Câmera flagra ataque de suspeito de estuprar garota de 14 anos em SP; vídeo
TERROR
Ataque dentro da Catedral deixa ao menos cinco mortos em Campinas
REVIDE
Passageiro atropelado por motorista de aplicativo após vomitar em carro está em coma
A SERVIÇO DE DEUS
Angela Bismarchi festeja diploma para ser pastora: ‘Eu era pecadora e não sabia’
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Luz dá caixa com terra de cova de Gabriel para Valentina
INTOCÁVEL
PF pediu prisão domiciliar de Aécio, Cristiane Brasil e Paulinho da Força, mas PGR e STF não concede