Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 18 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Maradona se recusa a comentar sobre queda do Brasil

2 Jul 2010 - 18h05Por Folha Online

A entrevista coletiva era sobre o confronto entre Argentina e Alemanha, mas a derrota da véspera do Brasil para a Holanda, também pelas quartas de final da Copa, foi um dos principais assuntos abordados pelos jornalistas argentinos para Maradona. Mesmo assim, o técnico declarou: "Isso é um problema deles".

Durante todo o período, Diego preferiu minimizar o assunto. "Penso na Argentina. Tenho coisas mais importantes para me preocupar. Não pensamos em quem perde, somente na nossa partida", reproduziu o diário local "Olé".

Os repórteres insitiram. Sem os brasileiros, o time seria mais candidato ao título do que nunca? O ex-jogador respondeu: "Não, não é candidato e nem favorito. Para ganharmos, vamos ter que jogar melhor e deixar a pele no gramado, nada mais. A Alemanha é um rival que historicamente sempre nos foi complicado. Porém, se mantivermos a posse de bola, temos boas chances. E não vamos ficar falando deles como ficaram fazendo com a gente", completou, já na Cidade do Cabo.

Os times entram em campo neste sábado, às 11h (de Brasília).

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Adolescente é atropelada quando levava pai em cadeira de rodas, veja o vídeo
VIOLENCIA DOMESTICA
'Não consigo reconhecê-la', diz irmão de mulher espancada no 1° encontro
O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro
BRIGA NO PLANALTO
Magoado e traído, Bebianno não vai poupar filho de Bolsonaro
TRÁGICO
Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho
OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário