Menu
SADER_FULL
quarta, 12 de dezembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Mantega prevê que país poderá crescer 7% em 2010

3 Set 2010 - 14h40Por Antonio Arrais

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, garantiu hoje (3) que o Produto Interno Bruto (PIB) do país irá crescer, pelo menos, 7% em 2010. Se alcançado, o resultado será o maior em 24 anos. Pela manhã, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que a economia brasileira teve, nos seis primeiros meses do ano, crescimento de 8,9% em seu PIB, em relação ao primeiro semestre de 2009.

“Já podemos assegurar que teremos um PIB de, pelo menos, 7% em 2010. Poderá ser até maior”, disse o ministro, em entrevista coletiva, concedida no início da tarde de hoje, na sede da Caixa Econômica Federal, em São Paulo.

Com o resultado obtido, segundo Mantega, o Brasil passará a ocupar um lugar de destaque entre os países que mais crescem no mundo. “Entre as grandes economias, apenas a China tem esse crescimento. Em seguida, vem o Brasil e, depois, a Índia”, destacou.

O crescimento obtido no primeiro semestre, foi o maior já registrado para o período, desde o início da série histórica do IBGE, em 1996.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DICAS DE MARKETING
5 dicas de marketing para um negócio de dropshipping
CRIME HEDIONDO
Câmera flagra ataque de suspeito de estuprar garota de 14 anos em SP; vídeo
TERROR
Ataque dentro da Catedral deixa ao menos cinco mortos em Campinas
REVIDE
Passageiro atropelado por motorista de aplicativo após vomitar em carro está em coma
A SERVIÇO DE DEUS
Angela Bismarchi festeja diploma para ser pastora: ‘Eu era pecadora e não sabia’
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Luz dá caixa com terra de cova de Gabriel para Valentina
INTOCÁVEL
PF pediu prisão domiciliar de Aécio, Cristiane Brasil e Paulinho da Força, mas PGR e STF não concede
DICA DO DIA
Como obter uma autorização de residência no Brasil
CENTRO ESPÍRITA
Médium é acusado de Abusos Sexuais em crianças
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Nicolau leva surra de chicote no bordel