Menu
LIMIT ACADEMIA
quinta, 20 de setembro de 2018
SADER_FULL
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Mãe que vendeu bebê teria ganho R$ 600 mensais durante gestação

17 Set 2013 - 14h40Por Terra

A mulher que vendeu o próprio bebê em Balneário Camboriú, na região norte de Santa Catarina, teria recebido R$ 600 reais por mês durante a gestação. A informação foi repassada pela Polícia Civil na manhã desta terça-feira. O caso estava sendo investigado há um mês, de acordo com o delegado da Divisão de Investigação Criminal (DIC), Osnei Valdir de Oliveira, após uma denúncia anônima junto ao Conselho Tutelar do municípipo.

O delegado viajou até a cidade de Palmas (PR) para cumprir o mandado de busca e apreensão do bebê, que completa três meses de idade nesta terça. A mãe, uma jovem de 18 anos, queria abortar a criança, mas uma mulher moradora da região acabou negociando o bebê para o irmão e uma cunhada, que não poderiam ter filhos.

O bebê, uma menina, foi registrada na cidade de Matinhos, no Paraná, dois dias após o nascimento. O casal envolvido e a mãe não foram detidos. Eles prestarão depoimento e podem responder pelos crimes de tráfico de bebês e falsidade ideológica. A criança foi encaminhada a um abrigo e será disponibilizada para adoção.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
‘Desejo continuar com a minha profissão, mas temo pela minha vida’, diz professor agredido em aula
SOB INVESTIGAÇÃO
Jovem é encontrada morta dentro do quarto e esposo está desaparecido
MORTE NO DETRAN
Jovem sofre parada cardíaca durante prova para tirar CNH
REALITY SHOW
‘A fazenda’: conheça os 16 participantes da nova edição
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Laureta é presa por causa de armação de Luzia
REALITY SHOW
“A Fazenda 10”: Gabi Prado passa mal e Nadja vira alvo dos participantes
SURRA
Video: Homem faz proposta sexual e é agredido de cinta no meio da rua
REALITY SHOW
Em 1ª dia de 'A Fazenda', Ana Paula ganha carro e vira meme
ABANDONO
Dois dias sem comer: irmãos de 2 e 4 anos são encontrados sozinhos em casa
PESQUISA ELEITORAL
Ibope: Haddad cresce em todos os segmentos; Bolsonaro só entre os mais ricos