Menu
LIMIT ACADEMIA
domingo, 21 de julho de 2019
SADER_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Líder do PFL se irrita com comentário de Lula

4 Ago 2004 - 18h00
O PFL se irritou com o discurso do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que disse hoje que nenhuma "futrica poderia emperrar o desenvolvimento do país". O líder do PFL na Câmara, o deputado José Carlos Aleluia (BA), disse que a oposição não faz intriga quando insiste na demissão do presidente do Banco do Brasil, Cássio Casseb, acusado de improbidade administrativa.

"Fico abismado de ver o presidente da República considerando intriga alguém divergir do presidente do Banco do Brasil, que cometeu um crime ao utilizar recursos do povo brasileiro para ajudar o PT", disse Aleluia.

Para ele, o discurso de Lula pode ser comparado ao ditador alemão Adolf Hitler.

"Lula está usando a mesma tática que Hitler usou para eliminar sumariamente os seus adversários. Quando assumiu o poder, Hitler desenvolveu a idéia de que havia conspiração contra a política econômica alemã. Não queremos prejudicar a política econômica do país. O presidente devia se lembrar que futricas e intrigas quem fazia era o PT na oposição."


Folhaonline

Deixe seu Comentário

Leia Também

VICENTINA SENDO REPRESENTADA NO RJ
Vicentina será representada no Internacional de Masters South América de Jiu-jitsu no Rio de Janeiro
POLITICA
'Falar que passa-se fome no Brasil é uma grande mentira', afirma Bolsonaro
NOVELA GLOBAL
Maria da Paz se recusa a enxergar caráter de Josiane em 'A dona do pedaço'
REGIME SEMIABERTO
Goleiro Bruno deve sair da cadeia no fim da tarde desta sexta-feira
CASO RARO
Bezerro de seis patas chama atenção moradores de Santa Helena – Veja Vídeo
MONSTRUOSIDADE
Vizinho é preso suspeito de estuprar e estrangular menina de 8 anos
CASA PRÓPRIA
Recurso de R$ 1 bilhão é destinado ao Minha Casa, Minha Vida
VIDA SAUDÁVEL
Homem mais velho do Brasil falece no Rio de Janeiro
BASTA DE IMPRUDÊNCIA
Enlutada pelas mortes, população deixa faixa contra imprudência na PR-082
VIOLENCIA
Motorista atropela manifestantes do MST e mata um idoso