Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 22 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Justiça fixa aumento de 8,5% para funcionários do BB

21 Out 2004 - 15h00
O TST (Tribunal Superior do Trabalho) fixou há pouco 8,5% de reajuste aos funcionários do Banco do Brasil. Quem ganha até R$ 1,5 mil, será pago um abono de R$ 30. O índice ficou aquém do pleiteado pela categoria que queria 19%.
A decisão do TST foi tomada durante o julgamento do dissídio da categoria, pedido pela Contec (Confederação Nacional dos Trabalhadores das Empresas de Crédito).
O tribunal determinou também o pagamento de um abono de R$ 1.000 para os funcionários do banco. A decisão melhora a proposta da Fenaban (Federação Nacional dos Bancos), que previa o reajuste dos mesmos 8,5% mas sem o abono.
Apesar de representar só 5% dos funcionários do setor, a Contec protocolou pedido de dissídio no TST. Essa solução era rejeitada pela CNB-CUT (Confederação Nacional dos Bancários), que preferia buscar uma solução negociada para a campanha salarial.
Como o julgamento só vale para o BB, não se sabe se os demais bancos pagarão o mesmo percentual de reajuste. A campanha salarial dos bancários foi realizada em conjunto. O TST vai analisar daqui alguns minutos o dissídio dos funcionários da Caixa, conforme informações da Folha Online.
 
 
 
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho