Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 23 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Julgamento de Saddam Hussein é improvável este ano

24 Set 2004 - 13h14
O julgamento do presidente iraquiano deposto Saddam Hussein provavelmente não se realizará este ano, informou hoje um alto funcionário americano em Bagdá, contradizendo o primeiro-ministro Iyad Allawi, que afirmou que poderia começar em outubro. "O julgamento não é para já", disse aos jornalistas este funcionário, que pediu o anonimato, estimando que será muito difícil organizá-lo antes do final de 2004.

Esta fonte explicou que os 21 juízes de instrução encarregados do processo continuam trabalhando e que precisarão de tempo para fechar o expediente. Segundo este funcionário, a deterioração das condições de segurança é outro elemento que vai retardar o julgamento, já que os juízes devem percorrer o país para reunir as provas. Allawi informou no dia 18 de setembro que o julgamento poderia começar em outubro.

Saddam Hussein foi capturado pelas forças americanas em dezembro de 2003. No dia 1º de julho de 2004, compareceu ante um tribunal iraquiano que o notificou de sete acusações de "crimes contra a humanidade" por sua implicação no extermínio dos curdos em Halabja em 1988, as valas coletivas, a guerra contra o Irã, a violenta repressão da rebelião xiita depois da Guerra do Golfo, em 1991, a invasão do Kuwait, o massacre da tribo Barzani nos anos 80 e os assassinato premeditados de chefes de partidos políticos e de dignitários religiosos.

 

 

Terra Redação
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho