Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 18 de março de 2019
prefeitura VICENTINA Março 2019
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Ivan provoca evasão de 1,6 milhão de cubanos

13 Set 2004 - 07h16
Cerca de 1,6 milhão de cubanos já foram retirados de suas casas devido à aprimação do furacão Ivan da ilha, segundo o Estado-Maior da Defesa Civil cubana. A chegada do furacão à ilha deve ocorrer entre a noite de hoje e segunda-feira.

O fenômeno está se aproximando do oeste de Cuba com ventos de até 250 km/h e provocará "danos importantes" devido às chuvas torrenciais prolongadas e prováveis inundações, que também devem afetar Havana, segundo o meteorologista José Rubiera. "Este furacão é gigantesco. É preciso tomar as maiores precauções", avisou em entrevista transmitida pela televisão.

A passagem do furacão pelas ilhas do Caribe, onde causou grandes estragos na ilha de Granada, já provocou a morte de 56 pessoas, segundo a Globonews.

Às 17h de Miami (18h de Brasília), o olho do furacão se encontrava 365 quilômetros a sudeste da ponta oriental de Cuba, movendo-se para o oeste-noroeste, a cerca de 17 km/h.

O alerta pelo furacão Ivan em Cuba compreende a península mexicana de Yucatán, as Ilhas Cayman e Cuba, indo desde Pinar del Rio (150 quilômetros ao leste de Havana), até a cidade de Ciego de Avila (380 quilômetros a oeste), incluindo a ilha da Juventude, informou o Centro Nacional de Furacões (CNH), com sede em Miami.

Segundo o CNH, "espera-se um giro para o noroeste nas próximas 12 a 24 horas". Nesta trajetória, acrescentou o CNH, o centro do furacão deve "passar perto ou sobre o extremo leste de Cuba até o anoitecer de segunda-feira".

"É provável que chova durante toda a segunda-feira, com enormes riscos de inundações em uma ampla área do oeste de Cuba", advertiu Riviera. O especialista destacou que a zona de chuvas do furacão Ivan tem um diâmetro de 500 km que, somado a sua lenta movimentação, "permite prever um longo período de precipitações".

Apesar de ainda estar longe do litoral cubano, as províncias do centro e oeste do país amanheceram nubladas, com chuvas intermitentes e fortes ventos que chegaram aos 87 quilômetros por hora na Ilha de La Juventud, no sul de Cuba, segundo a imprensa locais.

Se o Ivan seguir sua trajetória atual passará na segunda-feira por Piñal del Rio, perto da Península de Guanahacabibes, e entrará nas águas do golfo do México rumo à costa sudeste ou sul dos Estados Unidos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SEXTUPLOS
Americana dá à luz seis bebês em nove minutos
TRAGÉDIA EVITADA
Garoto de 11 anos leva faca na mochila para matar colega no ônibus escolar
ALERTA AOS PAIS
Menino de quatro anos corta os pulsos em Goioerê e pode ser influência da Momo
FAKE NEWS
Padre Fábio de Melo desmente texto atribuído a ele sobre o ataque em Suzano
ATROPELAMENTO
Idoso é derrubado de bicicleta e atropelado por veículo – Imagens Fortes
PENA MÁXIMA
Pai, madrasta e outros dois réus são condenados pela morte do menino Bernardo
DOCUMENTO UNICO
CPF substitui a partir de hoje diversos documentos
SEM FILA E SEM ESTRESSE
#SemEstresse: sofre com o mal de ficar horas nas filas lotéricas? Veja como se livrar delas
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Morre Avós e menino de quatro anos feridos em acidente
ACIDENTE FATAL
Casal morre e criança é socorrida em estado grave, em acidente veículo com contrabando