Menu
SADER_FULL
quarta, 12 de dezembro de 2018
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

INSS credita benefícios com finais 3 e 8 nessa segunda-feira

5 Jul 2010 - 05h28Por TV Morena

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) deposita, hoje segunda-feira (5), o pagamento de aposentados, pensionistas e demais segurados que ganham acima do salário mínimo e têm cartão com final 3 e 8, desconsiderando-se o dígito. No mesmo dia recebem aqueles que têm cartão com final 8 e ganham até o piso previdenciário.

A folha de junho irá pagar a 27.529.478 (R$ 18.799.607.257,53) benefícios em todo o Brasil até o dia 7 de julho.Deste total, R$ 14.971.430.720,19 serão investidos em 19.277.904 benefícios urbanos e R$ 3.828.172.441,34 em 8.251.574 benefícios rurais.

Os segurados que tiverem dúvidas sobre o calendário de pagamento podem ligar para os operadores da Central 135. Outra alternativa é acessar o site da Previdência Social (www.previdencia.gov.br) e clicar no link "Extrato de Pagamento de Benefício", que fica na seção “Agência Eletrônica: Segurado”. O segurado pode imprimir esse documento, que fica disponível a partir do início dos pagamentos do mês.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Aranha descobre marca de pata de gato de Gabriel, tira foto e conta aos guardiã
SUSTO
Celular pega fogo no bolso da calça e deixa homem com queimaduras na perna e mãos
PROCURADO
Com prisão decretada desde setembro, Dado Dolabella é considerado foragido da Justiça
DICAS DE MARKETING
5 dicas de marketing para um negócio de dropshipping
CRIME HEDIONDO
Câmera flagra ataque de suspeito de estuprar garota de 14 anos em SP; vídeo
TERROR
Ataque dentro da Catedral deixa ao menos cinco mortos em Campinas
REVIDE
Passageiro atropelado por motorista de aplicativo após vomitar em carro está em coma
A SERVIÇO DE DEUS
Angela Bismarchi festeja diploma para ser pastora: ‘Eu era pecadora e não sabia’
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Luz dá caixa com terra de cova de Gabriel para Valentina
INTOCÁVEL
PF pediu prisão domiciliar de Aécio, Cristiane Brasil e Paulinho da Força, mas PGR e STF não concede