Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 19 de dezembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Índios recebem certificado do curso de cestaria em Dourados

22 Set 2010 - 11h00Por Assecom
A Secretaria de Assistência Social de Dourados entregou nesta terça-feira o certificado de 40 horas do curso de cestaria a índios das aldeias Jaguapiru e Bororó. A oficina foi realizada de abril a agosto deste ano na reserva indígena.

Os índios aprenderam a técnica de reciclagem de papel e papelão, transformando esses materiais em diversos objetos como vasos e cestas. “Foi muito bom, agora vou poder ter uma renda maior e o próximo curso também vou fazer. Veio aqui perto e eu tinha que aproveitar, por isso resolvi participar”, disse a moradora da aldeia Jaguapiru, Vanda da Silva.

Para a professora que ministrou o curso, Maria José Simplício, além da renda extra no orçamento dessas famílias, a atividade “também serve como terapia para eles, o artesanato é um trabalho terapêutico”.

Segundo Maria Simplício, o curso foi uma troca de experiências e também de aprendizado. “Foi muito bom conviver com eles. É um conhecimento novo para mim porque eu nunca tinha trabalhado aqui na aldeia e eles são muito companheiros. Um está sempre ajudando o outro”, comentou.

A secretária de Assistência Social, Itaciana Santiago, apontou o trabalho do órgão municipal na comunidade indígena. “Nós estaremos, sempre que possível, atuando para atender as necessidades da comunidade indígena. Nossa proposta é não parar, é sempre trabalhar para a melhoria da qualidade de vida de vocês”, discursou.

Durante a entrega dos certificados, Itaciana também anunciou uma feira que está planejada para acontecer no final do ano. “Será uma feira grande, feita com materiais produzidos aqui e vocês poderão vender esses produtos”, afirmou.

Antes do curso de cestaria, o Cras (Centros de Referência de Assistência Social) da Aldeia Bororó já havia recebido os cursos de sabonete medicinal, artesanato, bijuteria e tear. O próximo já está marcado e será o de fibra de bananeira. “É muito gratificante trabalhar com as duas aldeias. Nossa equipe está disposta a dar continuidade ao trabalho”, afirmou a coordenadora do Cras Indígena, Nazaré Lopes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

A QUE PONTO CHEGAMOS
Mãe mata o próprio filho após ser flagrada com amante pelo menino
MINÍSTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Tereza Cristina anuncia seis secretários para Ministério
FAMOSIDADES
Silvio Santos se pronuncia sobre polêmica com Claudia Leitte e reage a campanha feminista
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Sóstenes cometeu crime por amor a Luz
ABUSO SEXUAL
João de Deus se entrega para a polícia
ACIDENTE
Criança de dois anos se enforca com a alça da bolsa enquanto brincava em escola
CASO JOÃO DE DEUS
Marina Ruy Barbosa intervém no caso João de Deus e impede uma grande tragédia
PRISÃO DECRETADA
Justiça de Goiás decreta prisão de João de Deus
STARTUPS NO BRASIL JÁ É SUCESSO
O sucesso das startups no Brasil e algumas novas apostas no mercado
REVOLTANTE
Filha de João de Deus diz que foi abusada dos 10 aos 14 anos: 'Meu pai é um monstro'