Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 21 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Futuro de Calheiros será decidido em sessão secreta

6 Set 2007 - 12h18
A sessão marcada para quarta-feira da semana que vem para a votação do processo contra o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), deve ser inteiramente fechada. O artigo 197 do regimento interno da Casa determina sessões sigilosas obrigatoriamente, quando o Senado tiver de se manifestar sobre os seguintes casos: declaração de guerra, acordo sobre a paz, perda de mandato ou suspensão de imunidade de senador durante o estado de sítio e escolha de chefe de missão diplomática de caráter permanente.

O fato, avaliam os parlamentares, deve beneficiar Calheiros, já que a sessão secreta facilita o voto de "traidores" da oposição. Com a reunião fechada, o peemedebista também acredita que deve contar com o voto dos senadores do PT. E apesar dos três votos contrários dos senadores do partido ontem no Conselho de Ética, Calheiros afirmou nesta quinta-feira que não se sentia traído.
 
"O PT sempre teve e sempre terá um comportamento de aliado que é um comportamento proporcional ao comportamento que eu sempre tive com eles, de modo que minha relação com o PT nunca esteve tão bem como está agora", disse.
 
Um dia após o Conselho aprovar o processo por quebra de decoro, Calheiros mostrou ainda confiança. "Vamos ganhar porque a verdade sempre ganhou".
 
O presidente do Senado negou que vá fazer corpo a corpo com os senadores durante o feriado de 7 de setembro. "Não preciso conversar muito com ninguém. Vou apenas distribuir um memorial que comprove a verdade que proclamei o tempo todo e eles vão decidir de acordo com as suas consciências", afirmou.
 
 
 
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos