Menu
SADER_FULL
domingo, 20 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Funai recua e índios desocupam prédio em Amambai

1 Jun 2007 - 17h45

Após mais de 20 dias de manifestações envolvendo as comunidades indígenas guarani-kaiowá e guarani-ñhandeva das 22 áreas indígenas espalhadas em 12 municípios da região de fronteira entre Brasil e Paraguai, a Funai (Fundação Nacional do Índio) decidiu manter a Administração Regional do órgão federal em Amambai. O anúncio feito pelo indigenista Cláudio Romero foi recebido com festa pelas lideranças indígenas que decidiram sair do prédio invadido na quarta-feira passada e desistiram da ameaça de bloqueio de rodovias.

Segundo Cláudio Romero, que na semana passada esteve em Amambai realizando uma avaliação da situação, a decisão do presidente da Funai, Márcio Augusto Meira, em manter a administração do órgão em Amambai saiu durante uma longa reunião entre ele e o presidente em Brasília (DF) que avançou noite adentro ontem. Durante a reunião ele apresentou um relatório ao presidente destacando o posicionamento geográfico de Amambai para o atendimento das 22 aldeias subordinadas a até então extinta Administração Regional e a sugestão sobre a permanência da regional do órgão foi prontamente atendida pelo presidente.

Em Amambai, a notícia da manutenção da Administração Regional da Funai no município foi comemorada pelas lideranças indígenas e pelos funcionários do órgão federal, entre eles funcionários efetivos e vários prestadores de serviços que haviam sido demitidos e agora, com a decisão da permanência, deverão ser readmitidos. Segundo Cláudio Romero, a Administração Regional vai voltar a funcionar com a mesma estrutura técnica e de pessoal que vinha funcionando antes da mudança.

Vilson Nascimento

Cláudio Romero destacou a atuação pacífica nas manifestações promovidas pelas comunidades indígenas que buscaram todos os meios diplomáticos legais para defender seus interesses e também a classe política da região que também se empenhou para a manutenção da Administração Regional em Amambai. A Funai de Amambai atende cerca de 25 mil índios em toda a região.

 

 

 

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo Marciano morre aos 67 anos, vítima de enfarto
CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS