Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 23 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Fluminense faz jogo duro, e Muricy Ramalho não assume a Seleção

23 Jul 2010 - 16h42Por Globo Esporte

Após ser convidado para ser o novo técnico da Seleção Brasileira, Muricy Ramalho foi para as Laranjeiras, onde se reuniu com dirigentes do Fluminense. Depois, o treinador se dirigiu em seguida para o campo realizar um treinamento, mas sem fazer qualquer pronunciamento. O treinador só falará após o clássico contra o Botafogo, domingo, às 18h30m, no Engenhão, mas o clube tratou de colocar um ponto final no que se refere a sua posição para manter o comandante.

Enquanto a posição oficial da CBF é esperar pela resposta vinda de Muricy Ramalho, coube ao presidente do Fluminense, Roberto Horcades, em entrevista coletiva, dar a notícia da permanência do treinador no clube.

- A posição oficial do Fluminense tem que ser dada. O Muricy vai continuar no clube cumprindo o contrato como deve ser. Pessoas do nível dele são necessárias no futebol - disse o dirigente.

O presidente do patrocinador do clube, Celso Barros, tomou a palavra em seguida e garantiu que o treinador terá o seu contrato renovado até dezembro de 2012.

- Deixamos combinada a renovação até dezembro de 2012. O Muricy, uma pessoa que cumpre seus contratos, já estava apalavrado com o Fluminense. Estamos no início de um trabalho com ele, que esperamos que seja longo e vitorioso - disse Barros.

No contrato com o Fluminense, Muricy Ramalho poderia deixar o clube caso tivesse um convite para comandar a Seleção Brasileira. Mas o treinador preferiu ficar no clube carioca.

- Ninguém pediu (para romper o contrato). O presidente da CBF não pediu para liberá-lo, e nós procuramos respeitar o acordo que o Muricy tem até o fim do ano. Existe uma palavra - afirmou Barros.

O vice de futebol, Alcides Antunes, revelou que o Flumiense não aceitaria dividir o treinador até o fim do ano com a Seleção Brasileira.

- O (presidente da CBF) Ricardo Teixeira já deu a posição dele, e a nossa é a de que o Muricy fica só o Fluminense. Se o clube pudesse liberá-lo, faríamos isso. Mas não temos interesse nenhum. É um projeto, não só para agora, e ele está muito feliz aqui - garantiu Antunes.

Muricy Ramalho treino Fluminense reunião Muricy em campo para comandar treino nas Laranjeiras (Foto: Cahê Mota / GLOBOESPORTE.COM)

 

Muricy Ramalho se reuniu pela manhã, por cerca de uma hora e meia, com o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, em um clube de golfe da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. O treinador aceitou o convite, mas disse que precisava comunicar os dirigentes cariocas da decisão, uma vez que tem contrato com o Fluminense.

Ao chegar às Laranjeiras, o treinador escutou da diretoria que não aconteceria um divórcio amigável e que o clube não o liberaria. O Fluminense e a CBF não tem um bom relacionamento por causa da última eleição do Clube dos 13, vencida por Fábio Koff.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PEDOFILIA
Babá de 15 anos recebia dinheiro para ter relações com patrão
PREOCUPANTE
Mineradora declara situação de emergência em barragem de Araxá
INTOLERANCIA RELIGIOSA
Delegado solicita ida à casa do 'BBB 19' para interrogar Paula, investigada por intolerância
RESUMO DAS NOVELAS
Mercedes convoca Murilo para uma conversa
CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico