Menu
SADER_FULL
domingo, 24 de junho de 2018
PASSARELA
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Figo diz "adeus" à seleção de Portugal

18 Ago 2004 - 14h19

O meia-atacante português Luís Figo anunciou nesta quarta-feira que não pretende mais disputar jogos oficiais pela seleção portuguesa de futebol.

Em comunicado veiculado pelo site da Federação Portuguesa de Futebol, nesta quarta-feira, ele comunica a sua opção, mesmo que não seja totalmente definitiva.

Segundo o jogador, "chegou o momento de fazer uma pausa. Não sei, ainda, dizer se para sempre - porque nunca recusei servir o meu País e porque ninguém pode prever o futuro", diz.

Abaixo, a reprodução na íntegra da carta de "despedida" do jogador:

"Caros Amigos,

Há momentos na vida em que todos nós somos obrigados a fazer opções. Algumas mais fáceis que outras. Esta, por razões que são óbvias, é-me particularmente difícil.

Ao longo de 15 anos ao serviço das várias Selecções Nacionais foram muitas as experiências e as alegrias que vivi. Estou extremamente feliz por esse percurso, no qual cresci e me formei como pessoa e como profissional de futebol. Foram muitos estágios, muitos momentos de trabalho, de confraternização, de emoções fortes, de alegrias e também de algumas tristezas; momentos que me ajudaram a ponderar.

Para além do êxito de Portugal, em termos organizativos, no recente Euro-2004 e que a todos encheu de orgulho, vimos surgir um novo grupo de futebolistas, capaz de garantir a continuidade do nível alcançado pelo futebol português na última década.

Penso, porém, que chegou o momento de fazer uma pausa. Não sei, ainda, dizer se para sempre - porque nunca recusei servir o meu País e porque ninguém pode prever o futuro! -, mas, neste momento sinto necessidade de parar. Esta é a expressão do meu sentimento.

Continuarei a apoiar, a sofrer e a desejar sempre o melhor para a minha, acho que a posso denominar assim, Selecção Nacional! Serei sempre um incondicional, quer nos bons quer, principalmente, nos momentos mais difíceis. Aliás, direi mesmo que vou manter-me «presente» e disponível para ajudar a Selecção Nacional sempre que a isso seja solicitado e sempre que entenderem que a minha presença representa uma «mais valia» indispensável.

Nesta hora de pausa, e sem prejuízo do que o futuro possa vir a reservar-me, permitam-me que dedique, nestas poucas linhas, uma palavra de sentido agradecimento a todos aqueles que sempre estiveram ao meu lado:

Primeiro, à minha família, pelo apoio incondicional ao longo de todos estes anos. Sem ela teria sido impossível estar de alma e coração, tantos anos, ao serviço das Selecções nacionais;

Ao público, pelo seu carinho;

A todos os meus companheiros com quem partilhei tantas emoções. Eles são o que de melhor existe nas Selecções Nacionais e sem os quais não teriam sido possíveis os triunfos que alcançámos;

Ao Presidente da Federação Portuguesa de Futebol, aos treinadores, aos médicos, aos massagistas e ao pessoal ligado à Federação, que trabalham para que nada falte aos jogadores; uma menção especial ao Senhor Carlos Godinho, companheiro de todos estes anos de Selecção.

A todos, o meu profundo agradecimento, pela dedicação, esforço, carinho e amizade que me dedicaram.

Desejando sempre o melhor para o meu País.

Até sempre

Luís Figo"

 

Terra

Deixe seu Comentário

Leia Também

GOVENO NÃO CUMPRE
Caminhoneiros anunciam nova paralisação, mas trabalhadores de MS não devem participar
RAIVA HUMANA
Morte de turista por raiva humana é confirmada em Ubatuba
NOVELA GLOBAL
Valentim sofre grave acidente de carro
INACEITAVEL
Mãe de jovem morto no Rio: “É um Estado doente que mata criança com roupa de escola”
HAJA CORAÇÃO
Neymar é o autor do gol mais tardio, em tempo normal, de uma Copa na história
COPA DO MUNDO
No sufoco, Brasil supera a Costa Rica e consegue primeira vitória na Copa do Mundo
NOVELA GLOBAL
Segundo Sol: Rosa coloca fim em relação com Ícaro e ele toma atitude
SAUDE
Mulher dá a luz em calçada no Cajuru
FAMOSIDADES
Ex-apresentadora do ‘Vídeo show’, Alinne Prado sofre assalto a mão armada dentro de casa
RELIGIÃO
Padre é flagrado dando tapa em criança durante batismo