Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 21 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Feirão da casa própria oferece 600 imóveis em Dourados

22 Jun 2007 - 10h18
O preço médio do litro de álcool começa a diminuir em alguns postos de combustível em Campo Grande e a diferença de preços nos postos chega a 18,3%. Pesquisa feita ontem em 44 postos da Capital, registra variações entre os estabelecimentos e aponta diferença de R$ 0,29 entre maior e menor preço. A variação está entre R$ 1,605 e R$ 1,899. O preço médio apurado é de R$ 1,68, contra R$ 1,70 na última pesquisa.

A variação de R$ 0,29, entre maior e menor preço, chega a uma diferença de R$ 11,76, no caso de abastecer com 40 litros desse combustível. Se o veículo for abastecido quatro vezes em um mês, a economia chega a R$ 47,04, ou seja, compra mais outros 29 litros de álcool.

O posto que oferece o menor preço é o Makro (R$ 1,605), localizado na saída para Cuiabá; já o de maior preço é o Aliança, com R$ 1,899. Dos 44 postos pesquisados, 22 estão com preços a R$ 1,649; outros nove postos vendem o álcool entre R$ 1,66 e R$ 1,699. Já com preços entre R$ 1,70 e R$ 1,899 estão dez postos; outros três vendem o produto entre R$ 1,605 a R$ 1,62.

Já a gasolina mantém os preços estáveis e a diferença entre maior e menor preço é de apenas R$ 0,04 – os valores estão entre R$ 2,75 e R$ 2,799. A média ficou em R$ 2,76. Até agora, a queda nos preços do litro do álcool e o aumento de 23% para 25% acrescido à gasolina não se refletiram no preço final deste combustível.

Levantamento da ANP

A cotação do álcool nas usinas é de R$ 0,58963. Já de acordo com dados da ANP (Agência Nacional de Petróleo), o preço médio do álcool cobrado pelas distribuidoras dos postos em Campo Grande é de R$ 1,371 e nos postos, para o consumidor, fica em R$ 1,736.
 
 
 
Conjuntura

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos