Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 23 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CONTAINER
Brasil

Famasul lança nesta terça-feira o anuário estatístico sobre MS

19 Out 2010 - 07h16Por Dourados News

Nesta terça-feira, dia 19 de outubro, a Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Famasul) reúne a imprensa sul-mato-grossense para lançar o AgroAlimento, o primeiro anuário da produção agrícola e pecuária do Estado. O material apresenta dados da evolução das produções estaduais em diferentes áreas desde a separação do Estado, em 1977, até 2009. O lançamento acontecerá em um café da manhã realizado na Casa Rural, sede da Famasul e Senar/MS.

O anuário foi produzido pelo jornalista Marco Antônio Gehlen, mestre em Agronegócios pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Para compilar as informações, o jornalista levantou dados de órgãos como Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro) e Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

Em sua pesquisa, Gehlen levantou, por exemplo, que nas últimas três décadas o Estado registrou aumento de 113% da área cultivada, porém com crescimento na produção total de grãos de 617%. O que indica uma elevação da produtividade de 236% no período.

Publicado pela Famasul, o anuário apresenta indicadores dos últimos 30 anos de produção de carne bovina, soja, milho, arroz, trigo, algodão, cana-de-açúcar, leite, carne de frango, carne suína e carne ovina. O diferencial do AgroAlimento 2010 são os dados que demonstram a evolução dos custos de produção e da participação do Estado na produtividade nacional das diversas áreas da agropecuária, dando maior contextualização aos dados apresentados.

Exemplos dessa contextualização são os números sobre a cotação do dólar em 2008 e 2009 – fator que influencia diretamente na exportação dos produtos – e a evolução dos trabalhadores com carteira assinada atuando em atividades agropecuárias. Até dezembro de 2009, segundo o Ministério do Trabalho e Emprego, eram 63.352 empregados nesse setor em MS.

Para a Famasul, as informações contidas no anuário demonstram a importância do produtor rural na manutenção de uma economia sólida e a grandiosidade do setor agropecuário do Estado, que atinge patamar de extrema eficácia em suas práticas. O objetivo da publicação é contribuir como fonte de pesquisa e consolidar o reconhecimento da agropecuária como atividade de vital importância para o Estado e para o País.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PEDOFILIA
Babá de 15 anos recebia dinheiro para ter relações com patrão
PREOCUPANTE
Mineradora declara situação de emergência em barragem de Araxá
INTOLERANCIA RELIGIOSA
Delegado solicita ida à casa do 'BBB 19' para interrogar Paula, investigada por intolerância
RESUMO DAS NOVELAS
Mercedes convoca Murilo para uma conversa
CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico