Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 23 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Ex-deputado diz que governo Zeca apoiava reajustes de energia

5 Jun 2007 - 13h13
O extingo governo de Zeca do PT apoiava os reajustes de energia elétrica promovidos pela Enersul, pois os aumentos também elevavam a arrecadação de ICMS (Impostos Sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços). Por este motivo, o ex-governador não teria apoiado a antiga CPI da Enersul, barrada na Justiça Estadual. A informação é do ex-deputado e integrante antiga CPI da Enersul, Semy Ferraz.

“Em 2003 eu marquei audiência com um secretário que me disse que o governo gostava do reajuste”, afirmou Ferraz, completando que alguns membros do governo chegavam a comemorar os aumentos. “Eu parabenizo o atual governador [André Puccinelli – PMDB] que assume a postura de baixar a conta de energia”, disse.

Semy, que já havia criticado a nova CPI da Enersul, aberta há duas semanas, voltou a dizer que não acredita no sucesso das investigações. “Eu vejo a CPI com muito estrelismo e pouco trabalho prático”, afirmou, dizendo que o foco da CPI é muito restrito. “Tem que discutir a carga tributária de ICMS sobre a energia, discutir a taxa de iluminação pública. Temos que baixar a alíquota da indústria para recuperar na geração de emprego e renda”, ressaltou.

A CPI da qual Semy Ferraz era integrante foi extinta por uma liminar da Justiça Estadual. Segundo integrantes da nova CPI, consultados pelo Midiamax, não há a possibilidade da antiga CPI ser reaberta, pois pertence à outra legislatura. Semy, ainda assim, defende que a Assembléia force o Tribunal de Justiça a tomar uma decisão para definir a jurisprudência com relação a CPIs.

Os integrantes da nova CPI defendem que a abordagem que fazem nessa investigação – com foco no consumidor – vai impedir problemas jurídicos.

 

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho