Menu
SADER_FULL
terça, 22 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Evo Morales critica produção de biocombustíveis

29 Jun 2007 - 17h00

O presidente da Bolívia, Evo Morales, criticou a produção de biocombustíveis. Ao participar da Cúpula de Chefes de Estado do Mercosul, como Estado associado, ele citou um artigo do presidente cubano Fidel Castro, no qual afirma que os biocombustíveis aumentaram o preço do milho e de carnes.

"Tinha razão o presidente Fidel Castro. Ele advertiu para a sinistra idéia de produzir combustíveis e não alimentos. Os biocombustíveis fizeram subir o preço do milho, que é mais usado para alimentar animais e, com isso, o preço da carne também aumentou", disse.

Antes da crítica de Morales a uma das principais bandeiras do governo brasileiro, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva havia defendido os bicombustiveís.

"A experiência brasileira deixa claro seu enorme potencial em termos ambientais sociais e econômicos. Mostra também que esse programa não compromete em nada a segurança alimentar de nossos países", disse Lula em seu discurso.

Deixe seu Comentário

Leia Também

RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai