Menu
LIMIT ACADEMIA
sexta, 16 de novembro de 2018
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Evo Morales critica produção de biocombustíveis

29 Jun 2007 - 17h00

O presidente da Bolívia, Evo Morales, criticou a produção de biocombustíveis. Ao participar da Cúpula de Chefes de Estado do Mercosul, como Estado associado, ele citou um artigo do presidente cubano Fidel Castro, no qual afirma que os biocombustíveis aumentaram o preço do milho e de carnes.

"Tinha razão o presidente Fidel Castro. Ele advertiu para a sinistra idéia de produzir combustíveis e não alimentos. Os biocombustíveis fizeram subir o preço do milho, que é mais usado para alimentar animais e, com isso, o preço da carne também aumentou", disse.

Antes da crítica de Morales a uma das principais bandeiras do governo brasileiro, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva havia defendido os bicombustiveís.

"A experiência brasileira deixa claro seu enorme potencial em termos ambientais sociais e econômicos. Mostra também que esse programa não compromete em nada a segurança alimentar de nossos países", disse Lula em seu discurso.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ENCONTRO DE GOVERNADORES
Em encontro de governadores com Bolsonaro, Reinaldo defende fronteira e reajuste da tabela SUS
VIOLENCIA DOMESTICA
Homem é esfaqueado por esposa que tem ciumes até da sombra
ENTROU ATIRANDO
VÍDEO: Pastor é baleado no altar durante o culto
TRAGEDIA
Ex-prefeito é morto pelo pai após ser confundido com assaltante
ACIDENTE DE TRANSITO
Caminhão passa por cima de veículos e explode em grave acidente
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Marilda (Letícia Spiller) é flagrada nua e finge ser uma assombração
BNDS
“Se não abrir a caixa preta do BNDES, está fora!”, diz Bolsonaro sobre Levy
FAMOSIDADES
Susana Vieira está com leucemia, mas a doença está controlado, diz assessoria
NOVELA GLOBAL
Marina Ruy Barbosa é a heroína de 'O sétimo guardião': 'Luz foge do tradicional'
CONSTRANGIMENTO
Claudia Leitte quebra silêncio e desabafa sobre polêmica com Silvio Santos