Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 24 de maio de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Evo Morales critica produção de biocombustíveis

29 Jun 2007 - 17h00

O presidente da Bolívia, Evo Morales, criticou a produção de biocombustíveis. Ao participar da Cúpula de Chefes de Estado do Mercosul, como Estado associado, ele citou um artigo do presidente cubano Fidel Castro, no qual afirma que os biocombustíveis aumentaram o preço do milho e de carnes.

"Tinha razão o presidente Fidel Castro. Ele advertiu para a sinistra idéia de produzir combustíveis e não alimentos. Os biocombustíveis fizeram subir o preço do milho, que é mais usado para alimentar animais e, com isso, o preço da carne também aumentou", disse.

Antes da crítica de Morales a uma das principais bandeiras do governo brasileiro, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva havia defendido os bicombustiveís.

"A experiência brasileira deixa claro seu enorme potencial em termos ambientais sociais e econômicos. Mostra também que esse programa não compromete em nada a segurança alimentar de nossos países", disse Lula em seu discurso.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Governo dobra vagas de concurso da PF e convocações saem no fim do ano
FEMINICIDIO
Mulher é morta com 75 facadas pelo ex-marido após 25 anos de casamento
NEGLIGÊNCIA FUNCIONAL
'Peguei meu filho e achei que estivesse morto', diz mãe de criança dopada em creche
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
Confira o que tá na promoção que vai até este sábado no O Boticário em Fátima do Sul
BONITO - MS - DICA AGÊNCIA ECO TOUR
Visite Bonito (MS) na baixa temporada, saiba o porquê!
FÁTIMA DO SUL - TRATAMENTO COACH
De Nova Andradina, Vanessa recupera autoestima com tratamento 'Coach' Célia Tenório de Fátima do Sul
CASA BOCA SUJA
morador instala placas com palavrões nos muros de casa
MACABRO
Mulher é encontrada morta ao lado de uma oferenda
AMOR AO PRÓXIMO
Acidentada e abandonada, idosa é adotada por mulher de 30 anos
TRISTEZA
Morre menina que teve o corpo queimado em tentativa de furto em oleoduto, em Duque de Caxias