Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 19 de novembro de 2018
SADER_FULL
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Enersul lucrou 237,7% no 1º semestre

26 Jul 2007 - 10h04

A Enersul lucrou 237,7% no primeiro semestre de 2007, comparando-se ao mesmo período do ano passado. Balanço das Energias do Brasil, que controla a distribuidora, aponta que o lucro líquido da empresa saltou de R$ 11,263 milhões para R$ 38,036 milhões.

O demonstrativo financeiro foi divulgado na última terça-feira, mesma data em que a diretoria da concessionária prometeu à CPI, que apura as causas do alto custo do serviço no Estado, baixar as contas dos quase 700 mil consumidores sul-mato-grossenses.

No mesmo período, a receita bruta da distribuidora alcançou R$ 633,689 milhões, 14,04% acima dos R$ 555,668 milhões verificados anteriormente. A multinacional teve ainda receita líquida de R$ 422,733 milhões no semestre passado, contra os R$ 358,546 milhões dos seis primeiros meses de 2006 – elevação de 17,90%.

Enquanto isso, o número de clientes da Enersul aumentou apenas 3,98%. No primeiro semestre de 2006, eram 668.062 consumidores, número que passou para 694.707. Já o volume de energia distribuído obteve crescimento de 5%.

Para o relator da CPI, deputado estadual Marquinhos Trad (PMDB), o lucro obtido pela Enersul é oriundo da elevação da tarifa em Mato Grosso do Sul. "Só aumentando em R$ 1 a conta dos quase 700 mil consumidores, são em torno de R$ 700 mil a mais por mês, imagine então se aumentar R$ 10", exemplificou.

Dia oito de abril, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou a Enersul a reajustar a tarifa em 3,46% para os consumidores residenciais e 2,58% para as indústrias. Porém, clientes residenciais sentiram no bolso um aumento entre 12% a 15,81% e os industriais afirmaram que o reajuste passou de 8,9%.

Diante do lucro líquido superior a 237% obtido pela Enersul, Marquinhos Trad espera que a concessionária apresente uma proposta na qual se proponha a reduzir em pelo menos 20% a conta dos consumidores sul-mato-grossenses. "Acho esse percentual justo. Seria o ponto de equilíbrio entre o valor da tarifa e a capacidade de pagamento do usuário", frisou.

O relator da CPI revelou não estar surpreso com o lucro obtido pela Enersul. "Quando o diretor-executivo da empresa, Jorge Martins, anunciou, durante depoimento à CPI, que o superávit anual da concessionária era de apenas 5%, estranhei, pois como é possível o patrimônio da empresa passar do vocábulo milhão para bilhão em poucos anos", comentou. Conforme a CPI apurou, em quatro anos, o patrimônio da Enersul pulou de R$ 625 milhões para R$ 1,2 bilhão.

Enquanto a Enersul lucrou 237,7% no semestre, o Grupo Energias do Brasil, que comanda ainda distribuidoras de energia nos estados de São Paulo e Espírito Santo, registrou lucro líquido consolidado de R$ 240,837 milhões. O valor é 92,13% acima do verificado no mesmo período do ano passado.

Data definida

Segundo o presidente da CPI da Enersul, deputado estadual Paulo Corrêa (PR), a concessionária irá apresentar o percentual de redução nas contas dos clientes dia 3 de agosto, às 15h, na Assembléia Legislativa. Apesar do lucro obtido no primeiro semestre do ano, o diretor de regulação da empresa, José Simões Neto, disse que "será difícil encontrar uma maneira para viabilizar a redução das contas".

 

 

Correio do Estado

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem que matou filho para defender a nora comete suicídio
INJUSTIÇA
Familiares prestam homenagem a laçador de cães que morreu após ser hostilizado
FORAGIDO
Mulher é morta a facadas pelo ex-marido, que não aceitava fim de relacionamento
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Valentina conta a Egídio que Gabriel é filho dele
CRUELDADE
Idosa de 106 anos é assassinada a pauladas no Maranhão
NOVO GOVERNO
Desistência de general para ministério leva crise ao QG de Bolsonaro
ASSASSINATO
Câmeras flagram dupla efetuando mais de 30 tiros contra homem; veja o vídeo
TRISTEZA
Menino de 10 anos comete suicídio após a prisão do pai
MALDADE
Câmera de segurança flagra homem colocando fogo em casinha comunitária para cachorros
FATIMASSULENSES EM UBATUBA (SP)
Fatimassulenses, alunos do Vicente Pallotti fazem curso de biodiversidade marinha em Ubatuba (SP)