SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 15 de Dezembro de 2017
RIO_DOURADOS
29 de Dezembro de 2004 07h26

Educação terá mais R$ 450 milhões para formação e salário

A Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj) e a Prefeitura do Recife iniciam, em janeiro do próximo ano, a implantação de um projeto-piloto no bairro de Boa Viagem, zona sul da capital, para retirar das ruas 400 meninos e meninas. Os menores vendem balas, doces e frutas em sinais de trânsito, são explorados sexualmente e consomem drogas.

A iniciativa integra as ações do pacto metropolitano firmado há um ano entre os governos federal e estadual, as prefeituras da região metropolitana de Recife, a Fundaj e a Delegacia Regional do Trabalho (DRT). O objetivo é desenvolver ações que possibilitem o retorno dos menores de rua à escola, à família e à comunidade.

De acordo com Miriam Píeres, diretora geral da escola de governo da Fundação Joaquim Nabuco, dois avanços foram obtidos até agora com a implementação do pacto: a estação futuro, mantida pelo governo do estado, que já atendeu com cursos profissionalizantes 900 adolescentes de 16 a 21 anos, e a Estação Travessia, projeto da prefeitura que contemplou 1.714 meninos e meninas de zero a 15 anos com atendimento personalizado e atividades escolares em tempo integral.

Levantamento feito pela Fundaj constatou que das 2.793 crianças e adolescentes que vivem nas ruas do Recife e região metropolitana, apenas 13% recebem bolsa escola. Desse total, 80% têm família e vão para as ruas ajudar no complemento da renda.

A idéia do pacto é desenvolver políticas públicas para reintegrar às famílias os menores que vivem em situação de risco, promover redução de danos causados por consumo de drogas e situações de violência, além de oferecer acesso a programas profissionalizantes, visando reduzir a exclusão social.
 
 
ABr
Comentários
Veja Também
MBO_SEGURANÇA_300
FORTALEZA
LISTINHA_ONLINE
Últimas Notícias
  
LOJA_02
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.