MEGA_OKA_CARROS_
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 12 de Dezembro de 2017
RIO_DOURADOS
27 de Dezembro de 2004 15h00

Dourados terá núcleo de pesquisa científica em pisicultura

O Núcleo de Pesquisa da Piscicultura, que será construído na Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Agropecuária Oeste), em Dourados, entrará em operação no 1º semestre de 2005. Convênio já assinado vai assegurar os recursos da Secretaria Especial de Aqüicultura e Pesca da Presidência da República (Seap/PR).

Ao todo, o núcleo, o primeiro do País a se dedicar à pesquisa científica e geração de tecnologia para as espécies nativas, vai consumir investimentos da ordem de R$ 310 mil.

De acordo com o chefe-geral da Embrapa Agropecuária Oeste, Mário Urchei, o núcleo será composto de laboratórios e de tanques para as pesquisas com espécies como o pintado, o pacu e surubim. As primeiras compras de equipamentos acontecem ainda a partir deste mês, as obras físicas começarão em janeiro. "Nossa meta é estar com o núcleo pronto já no final do primeiro semestre do ano que vem", disse.

Situado em Dourados, município que é o epicentro da expansão da piscicultura em Mato Grosso do Sul, o novo núcleo deverá gerar respostas tecnológicas aos desafios da produção de peixes em áreas como sanidade animal, melhoria genética das espécies e nutrição.

Para o secretário de Desenvolvimento Agrário, Valteci Ribeiro de Castro Júnior, o Mineiro, a geração de uma plataforma tecnológica dá consistência ao processo de desenvolvimento da cadeia produtiva da piscicultura no Estado. "Este núcleo marca um novo tempo para Mato Grosso do Sul", afirmou, ao destacar a importância da pesquisa para consolidar a expansão da criação de peixes.

Ração e tanques - Também foram assinados dois outros convênios. A Seap/PR vai liberar R$ 190 mil para a construção de duas unidades demonstrativas de piscicultura - uma destinada aos estudos da Escola Família Agrícola, em Itaquiraí, outra destinada ao assentamento Geraldo Garcia, em Sidrolândia.

Foi assinado o convênio garantindo R$ 150 mil para a construção de uma fábrica de ração em Mundo Novo - primeiro município do extremo sul do Estado a contar com um frigorífico de filetagem de peixe e onde estão concentrados muitos produtores da região.
 
APn
Comentários
Veja Também
pupa
ÓTICA_DOURADOS
MBO_SEGURANÇA_300
Últimas Notícias
  
LIMIT ACADEMIA_BOTTON
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.