Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 17 de setembro de 2019
SADER_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Dez escolas seguem fechadas em favelas do Rio de Janeiro

7 Jul 2004 - 16h59
Dez escolas em Senador Camará, zona oeste do Rio de Janeiro, seguem sem ter aulas nesta quarta-feira devido à guerra pelo controle do tráfico em três favelas. O conflito, que teve início na última sexta-feira, provocou a morte de três pessoas e o fechamento de pelo menos 17 escolas da região.

O subsecretário da Segurança Pública Marcelo Itagiba disse hoje que a polícia reforçou a segurança em Senador Camará. No entanto, cerca de cinco mil alunos estão sem aulas desde segunda-feira devido ao medo.

Traficantes da favela do Rebu e da Coréia, ligados ao grupo rival Terceiro Comando (TC), tentam invadir a favela do Sapo, da facção criminosa Comando Vermelho (CV).

No Morro do Adeus, em Ramos, a situação está tranqüila hoje. No fim de semana traficantes rivais travaram uma guerra pela disputa dos pontos de droga depois da morte do chefe do tráfico no local. Segundo o comandante do 22º BPM (Maré) coronel Álvaro Garcia, policiais militares estão ocupando os acessos do morro. As escolas e o comércio estão abertos, mas com freqüência e movimento baixos.

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

MUNDO MEDONHO
'Pago boleto, compro calcinha': usuários de aplicativos de paquera relatam apuros e curiosidades
FAMOSIDADES
Belo sai de casa após flagrar traição de Gracyanne
ASSASSINATO
PM é torturado e morto após circular boato de que seria 'estuprador'
JULGAMENTO
PMs acusados de chacina taparam câmera de segurança antes do crime
CASO DE POLÍCIA
Catador de reciclável recebe mochila com bebê congelado dentro
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo morre após carro bater em árvore em rodovia de MS
FAMOSOS
David Brazil causa ao expor bumbum de Anitta sem ela saber
ACIDENTE FATAL
Câmera de segurança registrou acidente fatal de enfermeira. VEJA O VÍDEO
MONSTRUOSIDADE
Homem que matou mãe e filha em Cascavel escreveu carta. Bebê tomou mamadeira “batizada”
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Mulher e marido são presos suspeitos de estuprar menina de 11 anos que dormia na casa deles