Menu
SADER_FULL
segunda, 18 de junho de 2018
PASSARELA
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Dez escolas seguem fechadas em favelas do Rio de Janeiro

7 Jul 2004 - 16h59
Dez escolas em Senador Camará, zona oeste do Rio de Janeiro, seguem sem ter aulas nesta quarta-feira devido à guerra pelo controle do tráfico em três favelas. O conflito, que teve início na última sexta-feira, provocou a morte de três pessoas e o fechamento de pelo menos 17 escolas da região.

O subsecretário da Segurança Pública Marcelo Itagiba disse hoje que a polícia reforçou a segurança em Senador Camará. No entanto, cerca de cinco mil alunos estão sem aulas desde segunda-feira devido ao medo.

Traficantes da favela do Rebu e da Coréia, ligados ao grupo rival Terceiro Comando (TC), tentam invadir a favela do Sapo, da facção criminosa Comando Vermelho (CV).

No Morro do Adeus, em Ramos, a situação está tranqüila hoje. No fim de semana traficantes rivais travaram uma guerra pela disputa dos pontos de droga depois da morte do chefe do tráfico no local. Segundo o comandante do 22º BPM (Maré) coronel Álvaro Garcia, policiais militares estão ocupando os acessos do morro. As escolas e o comércio estão abertos, mas com freqüência e movimento baixos.

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO NA TV
Morre o ator Fábio Tomasini, de 'Belíssima'
MONSTRO
Padrasto é preso por espancar e causar a morte de enteada de 3 anos
APELO PELA SAÚDE
MC Pikachu, internado com hidrocefalia, faz apelo: 'Rezem muito por mim'
FÁTIMA DO SUL - NA NOSSA LOJA
FÁTIMA DO SUL: Chegaram a nova coleção inverno 2018 na Nossa Loja, venha conferir as lindas blusas
Brasil X Argentina
Moradores pintam rua de azul e branco no Piauí e vão torcer para Argentina na Copa
NOVELA GLOBAL
Hoje em Segundo Sol: Beto pode desistir de Luzia
APOCALIPSE
Estela (Lisandra Souto) esfaqueia a própria filha, Talita (Laís Pinho), e provoca a morte dela.
FÁTIMA DO SUL - A COPA CHEGOU NO O BOTICÁRIO
Seleção O Boticário - itens indispensáveis para jogar bonito em Fátima do Sul
SUSTO
carro pega fogo a caminho da escola
MONSTRUOSIDADE
Polícia encontra áudios e descobre que mãe permitia que filha de 10 anos fosse estuprada