Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 21 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Destaques da Região Últimas da Região O Brasil e o Mundo Mulher denuncia

9 Set 2013 - 09h55

Uma vítima da violência, que prefere não mostrar o rosto, conta que conviveu por vários anos com a intolerância dentro de casa, em Campo Grande. O ex-companheiro era violento e não poupava nem as crianças. A mulher chegou a comunicar à policia sobre as agressões, mas retirou a denúncia por pressão do ex-marido. Depois que a lei Maria da Penha entrou em vigor, em 2006, ela resolveu procurar ajuda novamente. O casal se separou e o marido foi condenado. "Quando ele era contrariado fora de casa, lá ele não tinha reação nenhuma. Se chegava em casa e estava nervoso, batia em todo mundo. Ele foi penalizado na época com pagamento de cesta básica", conta a vítima.

Além disso, o filho do casal tornou-se usuário de drogas e passou a agredir a mãe, até que ela também denunciou o caso à polícia. "Naquele momento eu estava dizendo 'chega' para a violência", diz.

Em um ano, Mato Grosso do Sul subiu da 18ª para a 5ª posição no ranking de denúncias de violência contra a mulher, feitas pelo telefone 180. Só no primeiro semestre deste ano, a central de atendimento realizou 6,7 mil acompanhamentos às vitimas de violência doméstica no estado. No ano passado, foram 10,6 mil atendimentos.

Para a coordenadora estadual de politicas públicas para mulheres, Tai Loschi, as denúncias cresceram porque as mulheres estão se sentindo mais seguras com a lei que pune o agressor com mais rigor.

Em 2012, três mulheres morreram vítimas da violência doméstica em Mato Grosso do Sul. Este ano, mais três mortes foram registradas no estado, e uma está sob investigação policial.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos